Acusados de matar morador de Garibaldi em 2022 serão julgados nesta quinta-feira (14) em Bento Gonçalves

Giovani Reuhs, de 22 anos, foi executado por disparos de arma de fogo em 19 de fevereiro de 2022, no bairro São Roque, em Bento Gonçalves

Publicado por
10:25 - 13/03/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Acusados de matar morador de Garibaldi em 2022 serão julgados nesta quinta-feira (14) em Bento Gonçalves

Giovani Reuhs foi alvejado na nuca e nas costas, indo a óbito instantaneamente. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Nesta quinta-feira, dia 14, acontecerá o julgamento dos envolvidos no assassinato de Giovani Reuhs, um jovem de 22 anos que era morador de Garibaldi. O crime ocorreu na madrugada de 19 de fevereiro de 2022, no bairro São Roque, em Bento Gonçalves.

Os réus, Aisner Moisés de Paula de Brum e Guilherme Barônio, estão sendo acusados de homicídio, referente à morte de Giovani Reuhs, e por tentativa de homicídio contra Luciana de Souza Girelli, que também foi alvejada por disparos de arma de fogo durante o mesmo episódio.

O júri popular está agendado para iniciar às 9h, no Fórum de Bento Gonçalves, localizado na rua Presidente Costa e Silva, número 315, no bairro Planalto.

Relembre o fato:

Giovani Reuhs foi executado por disparos de arma de fogo dentro de seu próprio carro, por volta da 1h da madrugada de sábado, 19 de fevereiro de 2022. Caso ocorreu rua Dr. Lafayete Travassos Gonçalves, no bairro São Roque, em Bento Gonçalves.

A vítima foi alvejada na nuca e nas costas, indo a óbito instantaneamente. Segundo informações das autoridades policiais, os agressores estavam no banco traseiro do carro, enquanto Giovani estava no banco do motorista e Luciana no banco do carona.

Luciana também foi atingida por tiros, mas sobreviveu e foi levada para receber tratamento médico na UPA 24h, no bairro Botafogo.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp