Acusado de matar companheira em 2013, é condenado durante júri em Caxias do Sul

Crime ocorreu por asfixia na localidade de Parada Cristal

Publicado por
11:39 - 20/04/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Acusado de matar companheira em 2013, é condenado durante júri em Caxias do Sul

O acusado pelo Ministério Público de matar a companheira Valdira Trevisan Bonato, em 2013, foi julgado nesta quarta-feira (19), no Fórum de Caxias do Sul. Asterio David Frosi foi condenado a 14 anos de reclusão em regime fechado. A defesa afirma que vai recorrer da sentença, assim o réu permanece em liberdade.

Conforme a investigação o casal se relacionavam há cerca de quatro meses, e conforme o depoimento de testemunhas ocorriam discussões com frequência, em 14 de maio de 2013, e a mulher já tinha pedido o fim do relacionamento. No dia do crime, eles discutiram e ele a agarrou pelo pescoço, a asfixiando até a morte. Depois, ele fugiu para Nova Prata.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp