Mudanças na CNH: Novo formato e categorias

Desde junho de 2022, os Detrans começaram a emitir a nova CNH, com elementos gráficos avançados para evitar fraudes e falsificações. Este novo formato também atende a padrões internacionais de identificação.

Publicado por
18:24 - 10/06/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Foto: Divulgação

A nova CNH está disponível em formato digital e é obrigatória para quem renovar a habilitação, solicitar a segunda via ou tirar a primeira habilitação. Os condutores com documentos válidos só precisarão fazer a transição quando a validade expirar.

Novas Categorias de Condutores

Uma mudança que causa confusão é a tabela de novas categorias, que agora totalizam 13 modalidades de habilitação, impressa na parte inferior do documento. Códigos como A1, B1, C1 e BE foram introduzidos para seguir padrões internacionais, facilitando a fiscalização em outros países. No entanto, as categorias nacionais (A, B, C, D e E) permanecem inalteradas.

As cinco categorias de condutores no Brasil são:

  • Categoria A: Veículos motorizados de duas ou três rodas.
  • Categoria B: Veículos motorizados com peso bruto total até 3.500 kg e até oito lugares, excluído o do motorista.
  • Categoria C: Veículos da categoria B e veículos para transporte de carga com peso bruto total acima de 3.500 kg.
  • Categoria D: Veículos das categorias B e C e veículos para transporte de passageiros com mais de oito lugares, excluído o do motorista.
  • Categoria E: Combinações de veículos onde a unidade tratora se enquadre nas categorias B, C ou D, com unidade acoplada acima de 6.000 kg ou mais de oito lugares.

Outras Mudanças na CNH

O novo documento inclui diversas melhorias de segurança, como tinta fluorescente, itens visíveis apenas com luz ultravioleta e um holograma. A assinatura agora aparece logo abaixo da foto, e a combinação de cores verde e amarela predomina no novo design.

Inclusões Opcionais

A nova CNH permite o uso de nome social e filiação afetiva, se o condutor desejar. A seção inferior do documento possui um quadro com silhuetas de veículos e códigos de categorias, facilitando a identificação internacional do condutor.

Requisitos Internacionais e QR Code

A nova CNH inclui um código MRZ, como nos passaportes, para embarque em terminais de autoatendimento. O QR Code, introduzido em 2017, continua no verso, proporcionando acesso a todas as informações do condutor via aplicativo.

Validade

A validade da CNH permanece a mesma: dez anos para motoristas com menos de 50 anos, cinco anos para aqueles entre 50 e 69 anos, e três anos para condutores com 70 anos ou mais.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp