Junho Vermelho traz programação alusiva à doação de sangue no RS

Até quatro vidas podem ser salvas com uma doação de sangue de 30 minutos.

Publicado por
15:42 - 06/06/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

A Secretaria Estadual da Saúde (SES) promove esse mês ações no Hemocentro do Estado do Rio Grande do Sul (Hemorgs) para celebrar o Junho Vermelho, em alusão ao Dia Mundial do Doador de Sangue, comemorado em 14 de junho.

A programação abrange iluminação cênica em diversos lugares do Estado, realização de palestras de conscientização de doação de sangue em empresas e escolas, participação de grupos para doação de sangue, além de parcerias em campanhas e atrações culturais no pátio do Hemorgs. “Apesar de estarmos recebendo agendamentos de grupos de empresas ao longo do mês, ainda temos capacidade de atendimento e necessidade de receber mais pessoas durante o mês”, pontuou a assistente social do setor de captação do Hemocentro, Gesiane Almansa.

Para agendar palestras de técnicos do Hemorgs em empresas ou escolas ou agendar a doação de grupos de pessoas, entrar em contato com a equipe de captação pelo telefone (e WhatsApp): 51 98405-4260.

Atrações Culturais no pátio da Hemorgs

Segunda-feira (12 de junho): 10h – Banda Fanfarra do Exercito

Quarta-feira (14 de junho): 14h – Apresentação da bailarina Julia Franco, do Espaço Multicultural

Sexta-feira (16 de junho): 10h – Apresentação da Banda da Brigada Militar

Durante os demais dias, haverá a dias presença dos grupos Doutores do Amor e ONG Esquadrão da Alegria.

Doação


Atualmente, o Hemocentro do Estado distribui sangue e derivados para cerca de 40 hospitais. São necessárias cerca de 100 bolsas de sangue doadas todos os dias para suprir a demanda. Uma doação de sangue é capaz de salvar até quatro vidas.

A doação de sangue e seu processamento são fundamentais para garantir a disponibilização de componentes sanguíneos para os pacientes que necessitam de transfusão, como vítimas de acidentes, que necessitam de cirurgias ou outras situações clínicas. Se cada cidadão saudável doasse sangue pelo menos duas vezes por ano, não seriam necessárias campanhas emergenciais para coletas de reposição de estoques. O sangue não tem substituto e, por isso, a doação voluntária é fundamental.

O que é preciso para doar?

– Estar em boas condições de saúde;
– Apresentar documento oficial de identidade com foto;
– Ter idade entre 16 e 69 anos, sendo que os candidatos a doadores com menos de 18 anos deverão estar acompanhados pelos pais ou por responsável legal;
– Pesar no mínimo 50 Kg com desconto de vestimentas;
– O limite de idade para a primeira doação é de 60 anos;
– Não estar em jejum e evitar alimentação gordurosa;
– Ter dormido pelo menos 6 horas antes da doação;
– Não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação;
– Não fumar pelo menos duas horas antes da doação.

Mais informações podem ser conferidas em saude.rs.gov.br/doacao-de-sangue, onde também é possível realizar o agendamento para a coleta, ou pelo WhatsApp 51 98405-4260.

O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas, na avenida Bento Gonçalves, 3722, bairro Partenon, em Porto Alegre.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp