Fugitivos fizeram buraco na parede de cela para escapar de penitenciária federal em Mossoró

Apenados são procurados por força tarefa implementada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública

Publicado por
06:43 - 17/02/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Fugitivos fizeram buraco na parede de cela para escapar de penitenciária federal em Mossoró

Fugitivos fizeram buraco na parede de cela para escapar de penitenciária federal em Mossoró

Uma foto divulgada nesta sexta-feira, 16, mostra um buraco feito na cela do presídio federal de Mossoró (RN) pelos dois detentos que fugiram no início desta semana. O Ministério da Justiça e Segurança Pública conta com uma força tarefa composta por 300 agentes da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, e polícias Militar e Civil. Na manhã desta quinta-feira, os dois prisioneiros foram vistos por moradores da região. Policiais encontraram pegadas, duas camisas e um lençol, que indicam ser dos detentos.

Os fugitivos são Deibson Cabral Nascimento e Rogério da Silva Mendonça, ambos naturais do Acre. Eles foram transferidos a unidade prisional em setembro de 2023 após terem promovido uma rebelião em um presídio no Acre.

Em entrevista na quinta-feira, 15, o ministro Ricardo Lewandowski afirmou que os detentos ainda estavam em um raio de 15 km entre o presídio e o centro da cidade. No dia anterior, uma casa na zona rural foi furtada e levaram roupas e alimentos, o que se acredita ter sido um ato dos fugitivos.

De acordo com o ministro, eles utilizaram ferramentas que estavam espalhadas pela penitenciária, que passava por uma obra. Com isso, eles conseguiram fugir por uma luminária, por meio de um buraco, e utilizaram as ferramentas para auxiliar na fuga.

Fonte: Jovem Pan

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp