Consulta ao 1º lote do IR é liberada e inclui todos os contribuintes do Rio Grande do Sul

Decisão de prioridade ao RS se deu em razão do estado de calamidade em que o Estado se encontra em decorrência das chuvas

Publicado por
11:25 - 23/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Receita Federal adia início do programa de autorregularização de tributos para esta sexta-feira (05)

Foto: Reprodução

A Receita Federal liberou, a partir das 10h desta quinta-feira (23) , a consulta ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda (IRPF). Cerca de 5,6 milhões de contribuintes que já entregaram a declaração vão poder realizar a consulta através do site da  Receita Federal. A prioridade este ano, é realizar o pagamento aos contribuintes gaúchos, em razão do estado de calamidade pública em que o Estado se encontra. O lote também contempla restituições residuais de anos anteriores.

No total, os 5.562.065 contribuintes receberão R$ 9,5 bilhões, que conforme o fisco será destinado para contribuintes prioritários, como contribuintes entre 60 e 79 anos; os que a maior fonte é o magistério; gaúchos, incluindo as residuais, que somam de R$ 1 bilhão em restituições.

Os próximos da lista de restituição serão os contribuintes que informaram a chave Pix do tipo CPF na declaração ou usaram a declaração pré-preenchida.

O pagamento das restituições será no dia 31 de maio, na conta ou chave Pix do tipo CPF. Caso o contribuinte não esteja na lista, deve acessar o Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC)  e tirar o extrato da declaração. Se houver pendência, será necessário enviar uma declaração retificadora e esperar os próximos lotes.

Se por qualquer motivo os valores não forem depositados na conta informada, por estar desativada, por exemplo, a restituição ficará disponível para o resgate por até um ano no Banco do Brasil. Nesses casos, o contribuinte deverá agendar o crédito em qualquer conta bancária em seu nome, por meio do Portal BB ou ligando para a Central de Relacionamento do banco, nos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

 

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp