Cachorro morre após falha no transporte aéreo da Gol

Golden retriever, chamado Joca, foi enviado para destino errado e tutor o encontrou já sem vida; família diz que a empresa não forneceu os cuidados necessários

Publicado por
18:21 - 23/04/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

(Foto: Foto: Divulgação / Reprodução/Instagram)

Um cachorro da raça golden retriever, de 5 anos, morreu durante o transporte aéreo da Gollog, empresa da companhia Gol, depois de um erro no destino, nesta segunda (22). O cão deveria ter sido levado do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, para Sinop, Mato Grosso, no mesmo voo de seu tutor, mas foi colocado em um avião que embarcou para Fortaleza, no Ceará.

O animal acabou sendo mandado de volta para Guarulhos e, quando o tutor chegou para encontrá-lo, o pet estava morto. A família diz que o golden retriever, chamado Joca, não recebeu os cuidados necessários da empresa. A companhia aérea afirma que acompanhou o animal em todo o trajeto e o falecimento foi inesperado, já em São Paulo, depois que ele retornou.

Em nota, a Gol lamentou o ocorrido e disse ter sido surpreendida pelo falecimento de Joca. A empresa afirmou que o tutor foi notificado do ocorrido assim que chegou em Sinop e que a escolha dele foi voltar para Guarulhos para reencontrar o cachorro. A companhia disse também que se encarregou de cuidar do animal em Fortaleza até o embarque no voo 1527 de volta para Guarulhos.

“A Companhia está oferecendo todo o suporte necessário ao tutor e a apuração dos detalhes do ocorrido está sendo conduzida com prioridade total pelo nosso time. Nos solidarizamos com o sofrimento do tutor do Joca. Entendemos a sua dor e lamentamos profundamente a perda do seu animal de estimação”, finalizou em comunicado.

*Via Jovem Pan

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp