Brilhantes e raras! Chuva de estrelas cadentes iluminará o céu em agosto

A chuva de estrelas cadentes Perseidas acontece todos os anos, mas o pico dela só ocorre a cada 133 anos.

Publicado por
16:27 - 07/08/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Chuva de estrelas

Chuva de estrelas

O céu de agosto está prestes a ganhar um espetáculo bem especial e raro! Uma chuva de estrelas cadentes Perseidas atingirá o auge, produzindo até 60 meteoros por hora em seu pico.

O pico da chuva de estrelas acontece nos dias de 12 e 13 de agosto, no próximo fim de semana. Desde que as nuvens não atrapalhem, os observadores sortudos terão a oportunidade de testemunhar um espetáculo verdadeiramente único

De acordo com informações fornecidas pela NASA, as Perseidas têm origem no cometa 109P/Swift-Tuttle, que leva 133 anos para completar uma órbita ao redor do sol.

Chuva de estrelas

Chuva de estrelas (Foto: Olhar Digital)

Céu estrelado

Embora agora em agosto o pico da chuva de estrela cadentes aconteça dia 12 e 13, o fenômeno se estenderá até o dia 24.

Os melhores pontos de observação estão em países do Hemisfério Norte, mas com um pouco de sorte os brasileiros também conseguirão observar um pouco desse fenômeno.

Aplicativos de observação astronômica como Carta Celeste, Sky Map e Stellarium são ótimos aliados na identificação de constelações e outros objetos no céu. Fica a dica!

Lua iluminada

Agosto também é um mês premiado com duas superluas.

A primeira aconteceu no primeiro dia do mês, mas quem perdeu, o espetáculo se repete no próximo dia 31.

A segunda Superlua, chamada de Superlua Azul ocorre quando nosso satélite natural estará na constelação de Capricórnio.

O termo lua azul é usado para a segunda Lua Cheia que acontece em um único mês. Já o prefixo super é devido ao fato de que a Lua Cheia coincidirá com sua maior aproximação da Terra, isto é, seu perigeu.

Em ambas as noites a Lua irá aparecer um pouco maior e mais brilhante no céu do que o normal.

Principais eventos astronômicos do mês de agosto de 2023 

01/08: Superlua Cheia

10/08: Mercúrio em máxima elongação (melhor visualização)

12 e 13/08: Pico de atividade da chuva de meteoros Perseidas

16/08: Lua Nova

24/08: Lua em Quarto Crescente

24/08: Ocultação de Antares pela Lua

27/08: Saturno em oposição (boa visualização)

30/08: Conjunção entre Lua e Saturno

31/08: Superlua Cheia Azul

 

Fonte: SNB

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp