Se você tem vergonha de ir a academia, esse texto é para você!

Você é um iniciante na prática do exercício físico na academia. No entanto, ao chegar lá, enquanto realiza a matrícula, começa a…

Colunista
Educadora Física. Licenciatura em Educação Física / Bacharel em Educação Física / Pós graduada em Fisiologia e Prescrição do Exercício Clínico e em Saúde da Mulher / CREF 027828-G/RS.
15:19 - 27/03/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Você é um iniciante na prática do exercício físico na academia. No entanto, ao chegar lá, enquanto realiza a matrícula, começa a observar o espaço e nota muitas pessoas com um corpo que você gostaria de ter. Algumas realizam exercícios que você considera muito difíceis e acredita que nunca irá conseguir fazer. Então, inevitavelmente, vem a pergunta: será que meu corpo vai se adaptar e não vou passar vergonha aqui?

Mas pode acreditar: assim como você está praticando uma modalidade, outras pessoas também estão e está tudo bem. O importante é focar no seu movimento, sua respiração e em você!

Se você for uma pessoa introspectiva, nem sempre será fácil iniciar uma atividade física em lugares cheios, como uma academia. Agora, não se preocupe, vamos trazer algumas dicas para você lidar com isso de vez!

Após dar o primeiro passo, não desista!

A academia é uma ótima maneira de treinar a percepção corporal. Nesse sentido, o caminho para conhecer o próprio corpo se dá por meio da tentativa, falha e acerto. Entenda que é natural não conseguir fazer perfeitamente os movimentos. Aos poucos, você irá pegando a prática, obterá uma melhora na autoestima e na autoconfiança também.

Escolha uma academia com a sua personalidade.

Gostar de estar no espaço é fundamental para cultivar o desejo de ir à academia, superando a vergonha. Então, escolha uma academia com uma estrutura completa, equipamentos novos, professores atenciosos, bom repertório de aulas e com um público variado.

Não se compare nunca!

Aquela pessoa que tem o corpo perfeito pode ter demorado anos para conseguir alcançar ou, simplesmente, já ter nascido dessa forma. Por isso, evite a comparação, ela apenas vai atrasar ou paralisar seus processos.

Tenha uma companhia para treinar!

A ida com uma amiga, por exemplo, pode estimular o sentimento de validação e acolhimento, evitando desistir da academia. Assim, você consegue lidar com as emoções negativas que possam aparecer.

Tenha o acompanhamento de um Personal Trainer.

Trabalhar com um personal trainer, pode ajudá-lo a aprender quais exercícios fazer, como executá-los de maneira correta, como configurar o equipamento e como programar seus exercícios.

Nenhuma pergunta ao professor de educação física é boba. É muito melhor você vencer a sua vergonha e aprender a execução correta do que acabar fazendo o exercício da forma errada e até se lesionar por conta disso.

Os profissionais de educação física do local serão os responsáveis por cuidar da sua saúde, tanto de elaborar o seu treino quanto de observar se a execução do exercício está correta. Por isso, analisar a postura dos profissionais da academia na qual você vai escolher é um passo muito importante para lhe passar mais segurança para treinar.

Opte por horários de treino fora do maior movimento.

Academia vazia pode ser maravilhoso para quem está começando e necessita de um espaço menos movimentado para concentração. Por isso, sempre que puder, aproveite e evite ir em horários lotados.

Use roupas que te deixem confortáveis.

Uma vestimenta pode ajudar a trazer mais motivação e confiança para fazer a atividade física. Cada pessoa tem o seu próprio gosto, então escolha aquela roupa esportiva que vai te deixar mais confortável.

Lembre-se: Quanto mais você for a academia, mais confiante você ficará e mais fácil será de voltar. Trabalhar a sua autoestima e autoconfiança diariamente é essencial para confiar no processo.

 

 

 

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp