Leve seu pet para passear, faz bem

Leia mais Conheça Luchezi Assador, novo titular do Cozinha Viva Confira a programação do Corpus Christi com os tradicionais tapetes…

Colunista
Blog dedicado ao mundo dos pets com artigos produzidos pela classe veterinária e especialistas. Os textos têm como objetivo ajudar tutores com o dia a dia dos seus melhores amigos.
14:06 - 30/11/2021

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Passear com seu cãozinho é mais que um momento de lazer ou um horário destinado para o animal fazer as necessidades fisiológicas, traz inúmeros benefícios a sua saúde mental e física.

Ter um cachorro requer muita responsabilidade e algumas horas dedicadas para proporcionar mais qualidade de vida a ele, isso inclui brincadeiras, cuidados com a higiene, visitas ao veterinário, uma alimentação de qualidade e, claro, os passeios. Antes de comprar ou adotar, esteja preparado para sair com seu novo amigo pelo menos uma vez por dia.

É claro que existem variáveis em relação a idade, porte, raça e até se o cãozinho tem predisposição para alguma doença, mas em todos os casos, o passeio é essencial para manter a saúde do seu pet. Seguem abaixo 9 motivos para não deixar de passear com seu cachorro e aproveitar melhor esse momento!

1 – Gasta energia: Cães com energia acumulada podem se tornar estressados e ansiosos, causando problemas físicos como auto mutilação, destruição de itens de casa e até agressividade.
2 – Estimula a parte cognitiva: Passear e cheirar locais diferentes, onde transitaram animais e pessoas diferentes, são ótimos estímulos para o desenvolvimento mental do nosso cãozinho. Isso ajuda a desenvolver o olfato, a audição e a noção de localização. Por isso, mesmo tendo um pátio grande ou uma boa área externa a disposição do seu pet na sua casa, ainda sim é benéfico levá-lo para passeios na rua, pois o ambiente que seu pet identifica como seu território não estimula tanto quanto passeios em locais distintos.
3 – Queima calorias e previne a obesidade: Assim como para nós humanos, o sedentarismo traz diversos problemas para a saúde, por isso caminhadas diárias na rua são de extrema importância para a manutenção do peso dos nossos pets.
4 – Socialização: Cães com o hábito de interagir e transitar com cães e pessoas diferentes são cães com maior tendência a boa convivência com todos a seu redor. Claro que isso depende muito do temperamento, da raça, da fase da vida e de como essa socialização acontece.
5 – Melhora a saúde articular e cardiorespiratória: Caminhadas em horários de temperatura amena e em percursos planos são ótimos para todos os cães, mas principalmente para aqueles com predisposição a artroses e problemas articulares e para manter um saudável funcionamento cardiorespiratório. Lembrando que cada pet tem o seu limite de tempo e distância no passeio, saiba qual o ideal para o seu amigo conversando com o veterinário.
6 – Criar vínculos com seu tutor: A relação tutor e pet se intensifica através dos passeios, pois desenvolve uma relação de obediência, confiança e controle, estabelecendo hierarquia e respeito. Isso vai depender da sua atenção também, por isso deixe o celular em casa e aproveite esse momento.
7 – Marcar território: Seu cãozinho (macho ou fêmea) não marca território por acaso, essa é uma forma de localização e comunicação entre os cães. Cada cachorro tem um cheiro de urina único que permite mostrar por onde passaram e onde se sentem dominantes.
8 – Fazer as necessidades fisiológicas: Por mais que seu pet tenha um local específico dentro de casa para tal, os passeios na rua estimulam muito a movimentação intestinal e evitam constipação. Caso o seu cachorro só faça as necessidades na rua, esses passeios devem ser feitos de 3 a 4 vezes ao dia para evitar que a bexiga fique cheia por muito tempo, o que pode causar infecção urinária e problemas renais.
9 – Nós, humanos, também nos exercitamos: Além de todos os benefícios citados acima, nós também podemos tirar algo de positivo dessa rotina, evitar o sedentarismo! Se não conseguimos tempo para nos movimentarmos durante a correria do dia, pelo menos no horário do passeio com nosso pet podemos aproveitar e exercitar nosso corpo junto com ele. A saúde dos dois agradece!

Em caso de questionamentos, entre em contato com o veterinário clínico do seu pet, faça uma consulta e tire todas suas dúvidas!

Jéssica Mello de Mello
– Graduada em Medicina Veterinária pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul em 2014
– Especializada em Fisioterapia de pequenos animais pela Fisio Care Pet de São Paulo em 2017
– Trainee na área da fisioterapia animal nos anos de 2017 e 2018
– Atuação autônoma e exclusiva com fisioterapia de 2019 até hoje

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp