Estou com um resfriado, posso treinar ou devo repousar?

Estamos em uma época do ano em que baixa imunidade se torna um pouco mais comum devido às mudanças de…

Colunista
Educadora Física. Licenciatura em Educação Física / Bacharel em Educação Física / Pós graduada em Fisiologia e Prescrição do Exercício Clínico e em Saúde da Mulher / CREF 027828-G/RS.
11:22 - 22/05/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Estamos em uma época do ano em que baixa imunidade se torna um pouco mais comum devido às mudanças de temperaturas de um dia para o outro e, muitas vezes, até no mesmo dia. Com isso, resfriados e algumas características de mal-estar podem aparecer facilmente, aquele nariz escorrendo, uma irritação na garganta…

Mas quando sentimos um resfriado um pouco mais intenso, é necessário ficar alerta, nosso corpo fica frágil, a dor muscular se faz presente, dor de cabeça, indisposição, entre outros sintomas que podem se agravar. A pergunta aqui é, praticar exercícios físicos estando nessas condições, será melhor ou irá agravar os sintomas e prejudicar nosso corpo e nosso organismo?

Há pessoas que acreditam que se sentem mais dispostas e que a atividade física dá aquele UP pra espantar o resfriado, já, outras, optam por descansar para obter a recuperação completa que o corpo exige.

Acontece que ao treinar sem estar 100% bem, você exige mais do seu corpo do que ele consegue dar conta, o que pode enfraquecer ainda mais o organismo, agravar a doença ou postergar a recuperação. Ou seja, aquele papo de que é preciso descansar e repousar para ter recuperação, é verdade!

Quando alguma bactéria ou vírus invade o nosso organismo, o sistema autoimune funciona como um exército e se prepara para a luta contra o inimigo. Para vencer, é preciso priorizar essa missão e entrar nela com total força. Ir para a academia enquanto o corpo está no meio dessa briga poderá atrapalhar. Isto porque, além de diminuir seu estoque de energia, você pode desviar a atenção das células imunológicas. No exercício os músculos sofrem microlesões. Ao notar esses pequenos machucados, o sistema imunológico manda alguns de seus “soldados” até lá para analisar os danos e iniciar o processo inflamatório. Aí, acaba ficando desfalcado na luta que mais importa, que é contra a doença.

Ok, repousei e me sinto melhor… Quando e como posso retomar os treinos na academia?

Como cada corpo é um corpo, cada doença é uma doença, não é possível definir o número de dias certo para voltar para a academia. Você deve levar em consideração o seu bem-estar, como se sente e a recomendação do médico. Também não é preciso voltar aos treinos já fazendo seu treino de costume, principalmente se for de maior intensidade. Sinta a reação e respeite seu corpo, se permita fazer os primeiros quatro dias de retorno de forma mais leve caso necessário, de forma gradual, reduza cargas e repetições, até a duração do seu treino pode ser melhor, e aos poucos, retome normalmente.

Pesquisas mostram que quando você está saudável, o exercício moderado regular melhora muito sua resposta imunológica e reduz o risco de contrair infecções respiratórias, ou seja, é mais importante você manter a constância com a prática de exercícios sempre, que irá prevenir que você não contraia resfriados nessa época do ano.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp