Vinho com tampa de rosca

0
276

Hoje em dia, todos nós vemos por aqui ou ali, muitos vinhos vedados com a Screw Cap ou tampa rosca em português. E por isso, vamos falar deste assunto que ainda é muito polêmico.

Antes de tudo, há um grande pré-conceito sobre este formato, e uma grande falta de conhecimento sobre seus benefícios e trabalho.

Mas por que confiar na screw cap? Qual é o lado bom?

Primeiro que você não precisa ter um saca rolha, isso facilita e apenas em um click o vinho está aberto (mas claro e o charme de abrir a rolha de cortiça? Ahh daí é charme mesmo).

A tampa rosca teve sua ascensão em países inovadores, como Austrália e Nova Zelândia, que desde muitos anos já utilizam o formato, na maior parte dos vinhos. Afinal, é um material reciclável e beneficia muitos vinhos, principalmente os vinhos de consumo jovem, que não necessitam da rolha de cortiça, já que serão consumidos logo.

Benefícios:

A tampa rosca evita entrada de ar na garrafa, já que a vedação é bastante precisa, por isso aquela história de que vinho precisa de uma micro entrada de oxigênio na garrafa, fica subentendida, pois sabemos que o oxigênio é inimigo de uma grande maioria de vinhos produzidos no mundo, então a melhor coisa para garantir um bom resultado, é evitar o oxigênio. E se for para pegar um ar, façamos dentro da taça no momento da degustação.

Outro benefício da tampa rosca, é que elas mantem os aromas e sabores ‘’originais’’ do vinho, ou seja pelo fato de ser inerte, não altera nada no produto, ah e podem observar entre a tampa e o líquido tem uma proteção para ambos não ter contato direto. E também não permite contaminação, como acontece em uma boa parte da rolha de cortiça (já que essa é natural e o natural, não controlamos). Contaminação chamada de Bouchonné.

E outro benefício é que com este tipo de vedação você não precisa deixar a garrafa deitada, na posição horizontal, já que não faz diferença.

Há muitos estudos para descobrir o uso da tampa rosca para vinhos de guarda, mas por enquanto, os vinhos de guarda em sua maioria permanecem com a rolha de cortiça, até mesmo porque é um charme visual. Em contramão muitas vinícolas famosas, já estão utilizando a tampa rosca para vinhos de guarda, vinhos que ficam na garrafa em média de 10 anos ou mais.

E particularmente já tive oportunidade de provar grandes vinhos, com tampa rosca e idade media de 9 anos dentro da garrafa. E realmente mantem a integridade do vinho, sem apresentar nenhum problema ou alteração, muito pelo contrário, mantem as características originais do produto, uma delas os aromas de fruta.

Por isso, agora que você já sabe que a tampa rosca não é problema, fique à vontade para ir até a prateleira e escolher um vinho com essa vedação. Se o vinho for bem escolhido, você não vai se arrepender.

Tim tim!!!

Compartilhar

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.