Vice-campeão da Divisão de Acesso, Esportivo é homenageado pela Aceg

0
188
Presidente do Tivo, Anderson Zanella, recebendo homenagem na Capital Foto: (Arthur Cipriani/Grupo RSCOM)

A noite de gala do futebol gaúcho foi repleta de alegria e homenagens para a Serra Gaúcha. Uma delas, a honraria ao Clube Esportivo de Bento Gonçalves, que recebeu uma placa, o troféu e as merecidas referências pela bela campanha da Divisão de Acesso 2019, que recolocou o clube serrano em um lugar que não deveria ter saído.

Pedro Vitor ao lado do presidente da Agert, Roberto Cervo Melão

A cerimônia, que ocorreu em Porto Alegre nesta segunda-feira (10), premiou os mais diversos atletas, dirigentes e treinadores que se destacaram na temporada estadual. Radialistas, como o caso de Pedro Vitor, do Grupo RSCOM, e demais profissionais, também foram lembrados.

Logo após a conquista do acesso, o presidente do Esportivo, Anderson Zanella, disse que a conquista era de toda a comunidade.

“Eu sempre frisei que o clube é muito grande, é muito forte, e a conquista foi fundamental no sentido de um projeto construído a muitas mãos. Eu brinco que o clube tem um presidente porque o estatuto obriga, mas, na verdade, tudo foi construído e desempenhado a muitas mãos, então é uma conquista da comunidade como um todo”, diz.

Relembre o caminho do Esportivo para o acesso

3 a 0. Com goleada. Assim, o Clube Esportivo de Bento Gonçalves começou a trilhar o caminho para o acesso ao Gauchão 2020 e ao vice-campeonato da Divisão de Acesso 2019. Logo, pra cima do Ypiringa, que nas finais, derrotou o alviazul. Confira como foi a campanha do “Tivo” no estadual.

Esportivo 3 x 0 Ypiranga
São Borja 0 x 0 Esportivo
Glória 3 x 1 Esportivo
Esportivo 1 x 0 Tupi
União Frederiquense 0 x 1 Esportivo
Passo Fundo 0 x 1 Esportivo
Esportivo 2 x 1 Igrejinha
Igrejinha 1 x 0 Esportivo
Esportivo 3 x 1 Passo Fundo
Esportivo 2 x 1 União Frederiquense
Tupi 0 x 0 Esportivo
Esportivo 1 x 1 Glória
Esportivo 2 x 3 São Borja
Ypiranga 0 x 0 Esportivo

Na fase classificatória, o “Tivo” encerrou a campanha como líder do Grupo B: foram 25 pontos e um aproveitamento de 59,5% do time do técnico Carlos Morais.

Nas quartas de final, o adversário foi o Lajeadense. Vitória foram de casa por 2 a 1 e o empate em dois gols na Montanha dos Vinhedos que garantiram a ida à semifinal para encarar o forte time do Guarani de Venâncio Aires. Mais uma vez, o alviazul venceu o primeiro jogo longe de seus domínios: 2 a 1. Depois, garantiu a vaga e o acesso com um empate em 1 a 1 ao lado da torcida.

Foto: (Marcelo Piccoli/Grupo RSCOM)

Na grande final, duas derrotas para o Ypiranga por 2 a 1 não deixaram o sonho do alviazul completo, mas o objetivo, retornar a principal divisão estadual, estava cumprido. Faltava, a merecida homenagem. E, essa, veio na festa dos Destaques do Gauchão promovida pela Associação de Cronistas Esportivos Gaúchos, a Aceg, na noite de segunda-feira (10), em Porto Alegre.

Nos 20 jogos disputados, o Esportivo venceu nove, empatou seis e perdeu três. Ao todo, a equipe fez 26 gols e sofreu 20. O artilheiro foi o atacante Zulu, com seis gols.

COMPARTILHAR

LEAVE A REPLY