3 dicas para cuidar do seu pet nas festas de final de ano

As festas de final de ano estão chegando com muitos fogos de artifício, comidas típicas, viagens e alegria. Mas muito cuidado com o seu Pet.

Publicado por
09:27 - 08/12/2022

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
3 dicas para cuidar do seu pet nas festas de final de ano

Audio Descrição


Chegando mais dicas no Portal Leouve, você pode também conferir dicas de como cuidar de uma crise de renite, clicando aqui, como você sabe as festas de final de ano estão chegando com muitos fogos de artifício, comidas típicas, viagens e alegria. Por isso, é preciso prestar atenção em quem só tem amor para nos oferecer: o nosso pet.

Com o pensamento em lhe dar as melhores dicas de cuidados com os pets, o Leouve preparou três dicas para você cuidar bem do seu bichinho de estimação e, aproveitar muito suas festas de final de ano.

Acompanhe abaixo!

1.º CUIDADO COM AS COMIDAS

Final de ano, muitas comidas, e claro o seu pet pedindo um pedacinho com aquela carinha que é irresistível de negar. Cuidado. As comidas que são propícias aos humanos podem fazer mal para os bichinhos de estimação. Inclusive algumas que são específicas dessa época podem ser muito perigosas para eles.

Doces que os pets não podem comer:

  • Chocolate/Cacau: este é um clássico que todo tutor precisa saber. O alimento é tóxico devido a uma substância chamada teobromina;
  • Panetone: o doce natalino tem diversos pontos negativos para a gente, como: a tóxica uva-passa, alto nível de açúcar e baixo valor nutricional;
  • Rabanada: por ser frita, calórica e com alta concentração de gordura oxidada, esse é um doce que não é indicado para nossos pets;
  • Torrone: esse doce é muito calórico e possui uma grande concentração de gordura, o que faz esse alimento ser mais um dos não indicados para animais;
  • Sorvete: por conter em sua composição leite, corantes, conservantes e muito açúcar, não é nada legal que seu pet consuma esse tipo de doce;
  • Bolo ou pudim: além de serem repletos de açúcar, o bolo, em especial, pode, às vezes, conter chocolate, que como vimos, é tóxico para nossos pets.

Guloseimas salgadas, confira o que seu pet não deve comer:

  • Massas: não é aconselhável dar massas para seu pet. Esses alimentos não podem ser a base da nossa alimentação, pois não contém nutrientes suficientes;
  • Bacon: outro alimento muito gorduroso é o bacon, que caso seu pet coma, ele pode ter quadros de vômito, diarreia e até mesmo pancreatite;
  • Maionese: esse alimento pode oferecer riscos devido aos seus ingredientes (como cebola) e a quantidade, que a longo prazo pode gerar obesidade e problemas derivados;
  • Chester/ Peru: não é proibido, mas é necessário ter cuidado ao oferecer, pois não pode exagerar na quantidade e nem temperar;

Falando nos temperos, ressaltaremos alguns que os cachorros e gatos não podem comer:

  • Pimentas;
  • Alho;
  • Cebola;
  • Tempero pronto industrializado;

Ossos: nem pensar

Ainda assim, é muito comum que algumas pessoas deem ossos para os pets. Porém, isso é muito perigoso. Eles podem sofrer perfuração, obstrução intestinal, asfixia e até morrer.
Ao mesmo tempo, é indicado evitar a farofa, pois seu preparo inclui cebola, em alguns casos, carnes gordurosas. Já quando pensamos em frutas, acreditamos que não sejam um perigo aos nossos bichinhos, mas não é bem assim, confira uma lista de frutas que eles não devem comer:

Uva? Não mesmo

A uva tem uma toxina que causa intoxicação nos pets e ainda não se sabe como ela age, mas pets que consumirem uva podem apresentar:

  • Diarreia;
  • Dor abdominal;
  • Tremores;
  • Fraqueza;
  • Anorexia.

Mais frutas proibidas para o seu pet:

  • Cereja;
  • Abacate;
  • Carambola;
  • Coco;
  • Damasco;
  • Rim;
  • Groselha.

2.º FOGOS DE ARTIFÍCIO E OS PETS

Todos os anos falamos como os fogos de artifício podem ser prejudiciais aos pets, por isso, tome cuidado. Nessa época do ano, por conta dos barulhos estridentes dos fogos, os nossos bichinhos acabam ficando estressados, assustados.

Se possível, evite deixar seus pets sozinhos, para afastar as chances de machucado decorrente dessa agitação. Para amenizar o problema dos barulhos de fogos de artifício, você pode colocar um pedaço de algodão no ouvido do seu bichinho para proteger ele do barulho.

Muito cuidado também para não deixar comida a disposição para os bichinhos nas vasilhas, pois o stress causado pelo barulho das explosões coloca o animal em movimento brusco e, quando ele está de barriga muito cheia, pode torcer o próprio estômago.

Conhecida como torção gástrica, ela ocorre principalmente em animais de grande porte, pode ser fatal e precisa ser tratada com cirurgia, por tanto muito cuidado.

3.º ATENÇÃO AOS BICHINHOS FUJÕES

Festas de final de ano são momentos de reencontros, quando você recebe visitas de familiares, amigos e entes queridos. Portanto, tenha cuidado para que os bichinhos não fujam, afinal, é muito comum o entrar e sair de casa de forma muito constante, podendo assim esquecer o portão da casa aberto. Para que isso não aconteça, fique de olho no seu pet, deixe-o com uma coleira de identificação contendo os seus dados. Além de manter todas as portas e o portão fechados, e se possível, lembre-se de não deixá-lo sozinho durante as festas, ele vai ficar muito mais confortável com sua presença.
Os pets são muito mais sensíveis.

Além das perdas auditivas, os fogos estressam os bichinhos, podendo causar convulsões e até a morte. Assustados, o instinto dos animais é tentar se proteger da ameaça, escondendo-se ou tentando fugir para um local mais silencioso, podendo se machucar e sofrer atropelamentos.

Foram apenas três dicas para deixar você preparado(a) para os festejos de final de ano, aproveite cada momento, curta muito com sua família e amigos, mas não esqueça de quem só tem amor para te dar e merece muito cuidado e carinho, e claro aquela atenção especial nessa época do ano.

Mande essa matéria a todos os seus amigos que possuem bichinhos de estimação para que eles tenham conhecimento do que podem ou não realizar, deixando assim a virada de ano muito mais feliz para todos.

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp