Prefeitura de Bento cobra agilidade da Corsan para tapar buracos em Bento

0
59

A Prefeitura de Bento Gonçalves cobra da Companhia Riograndense de Saneamento – Corsan, agilidade na conclusão de obras em passeio e via pública. De acordo com informações da própria empresa, a conclusão de algumas obras estão em atraso desde o mês de fevereiro.

José Martim Estefanon

A Administração Municipal tem recebido diversas reclamações de moradores, solicitando a conclusão dessas obras, que são de responsabilidade da Corsan. Desta forma, a mesma já foi notificada, através da Lei Municipal 3.193, que dispõe sobre a obrigatoriedade na realização de reparos em qualquer dano, causado por empresas públicas ou privadas, ou pessoas físicas nas vias públicas de Bento Gonçalves.

A empresa notificada tem o prazo de 72 horas para proceder aos reparos dos danos causados. As empresas e pessoas que não atenderem a solicitação do Executivo serão autuadas em 100 vezes a URM, e em caso de reincidência, a autuação será de 200 URM.

“Hoje fazemos cerca de 150 intervenções mês, o que ocorreu é que foram ficando para trás o fechamento de muitas. Já solicitamos a empresa terceirizada para que cumpra o prazo, e conclua as que estão em atraso, antes de iniciarmos as novas obras”, informou o gestor da Corsan de Bento Gonçalves, Marciano Dal Pizzol.

Segundo o secretário de Administração e Governo, Ênio De Paris, “outra solicitação da Prefeitura é para que a empresa sinalize o local das obras, evitando mais transtornos para a comunidade”, salienta.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.