Prazo para pagamento da cota única do IPTU 2019 termina nesta sexta-feira

0
685
Foto: Divulgação

Os contribuintes que quiserem aproveitar até 15% de desconto no Imposto Sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) e na Taxa de Coleta de Lixo têm até esta sexta-feira (25/01) para quitar a cota única. Conforme a Secretaria da Fazenda, até o momento 28% dos proprietários de imóveis já pagaram o imposto e a taxa, num montante de R$ 36 milhões. Mais de R$ 6 milhões já foram concedidos em desconto por conta do pagamento em cota única. Até a data de vencimento, a prefeitura espera que outros 39% façam o pagamento, considerando a média histórica de 67% de opção pelo pagamento integral.

Quem ainda não recebeu o carnê em casa não precisa ficar preocupado. O boleto também é facilmente acessado pela internet, por meio do site da prefeitura (confira o passo a passo abaixo). De acordo com Micael Meurer, gerente de IPTU da Secretaria da Fazenda, a procura pelo setor diminuiu 17% em relação aos anos anteriores, uma vez que a comunidade está acessando o boleto por conta própria. Até agora, foram mais de 3,8 mil atendimentos presenciais referentes a IPTU.

“Estamos com tempo reduzido na fila de espera por atendimento presencial. Temos sempre três atendentes. Fizemos uma força-tarefa para o período de cota única e adicionamos mais quatro servidores em turno integral e um plantonista. Com isso, conseguimos atender o contribuinte com o tempo médio de espera de sete minutos. A facilidade de acesso do boleto pela internet contribuiu bastante para alcançarmos esses resultados”, celebra o gerente.

Outra forma de quitar o IPTU é por meio de seis parcelas com vencimentos no dia 10 dos meses de fevereiro a julho. Entretanto, esse modo não oferece descontos. As parcelas estão disponíveis no carnê enviado pelos Correios. Também será possível acessá-las pelo site da prefeitura, no mesmo local da cota única, mas somente a partir de 26 de janeiro.

A previsão da Secretaria da Fazenda é divulgar o total arrecadado com a cota única na primeira semana de fevereiro. No total, a estimativa orçamentária de arrecadação com o imposto e com a taxa é de R$ 143,4 milhões. O IPTU é calculado sobre o valor venal (estimativa da prefeitura sobre o preço) do imóvel, à base de alíquotas diferentes de acordo com o uso (residencial, não residencial ou territorial). A Taxa de Coleta de Lixo, por sua vez, é cotada de acordo com o tipo de uso do imóvel, a metragem de área construída e a quantidade semanal de coletas. O Valor de Referência Municipal (VRM) para 2019 é de R$ 33,64.

Passos para acessar a guia online
Primeiro: ter em mãos dois números: o CPF ou CNPJ do proprietário do imóvel e a inscrição cadastral do imóvel (número que consta em qualquer carnê do IPTU de anos anteriores). Se o contribuinte não encontrar a inscrição, poderá ligar para (54) 3218.6000, das 10h às 16h, e solicitar pelo setor de IPTU. Os atendentes poderão ajudar.

Segundo: acessar www.caxias.rs.gov.br e clicar em “IPTU”

Terceiro: localizar a opção “Emissão de boletos” e clicar em “emissão do boleto 2019”

Quarto: digitar o CPF ou CNPJ do proprietário atual (somente números). Digitar a inscrição cadastral do imóvel, composta por 14 dígitos, e a palavra de verificação que aparecer. Atenção: se quaisquer um dos números estiver divergente do cadastro feito na prefeitura, não será possível acessar a guia

Quinto: clicar em “Carnê Cota Única IPTU 2019”. Na tela seguinte, aparecerá uma data para pagamento, que não precisa ser alterada. Basta clicar em “Imprimir”.

Sexto: impressa a guia, basta pagar até 25 de janeiro nos bancos conveniados: Bradesco; Banco do Brasil; Sicredi; Itaú; Santander; Banrisul e estabelecimentos conveniados, como a Caixa Econômica Federal e as agências lotéricas

COMPARTILHAR

LEAVE A REPLY