Moro afirma que suspeitas sobre “candidatos laranjas” do PSL serão investigadas

1
408

O ministro da Justiça Sérgio Moro afirmou nesta quinta-feira (14) que há investigações em curso sobre um suposto esquema de “laranjas” do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

Após participar de um evento com juízes federais para explicar o projeto anticrime, Moro declarou que e a denúncia sobre o suposto esquema de candidatos laranjas montado pelo PSL em Pernambuco está sendo apurada e que “eventuais responsabilidades” serão “definidas”.

“O senhor presidente proferiu determinação e ela está sendo cumprida. Os fatos vão ser apurados e eventuais responsabilidades após investigações vão ser definidas”, disse Moro, sem especificar quais casos serão foco das apurações.

No último fim de semana, o jornal Folha de S. Paulo informou que o PSL fez repasses de R$ 400 mil do fundo partidário a uma candidata a deputada federal em Pernambuco que teve apenas 274 votos, três dias antes da eleição. Alguns dias antes, outra reportagem apontou que o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio (PSL), direcionou verbas de campanha a quatro candidatos em Minas que também são suspeitas de serem laranjas.

O presidente Bolsonaro mandou a Polícia Federal investigar sobre as suspeitas, mas não especificou quantos inquéritos foram abertos.

COMPARTILHAR

1 COMMENT

LEAVE A REPLY