Juventude vence Botafogo de virada e está na quarta fase da Copa do Brasil

0
460
Torcedor comemorou a classificação para a quarta fase da competição. Foto: Mauro Teixeira

O tbt contra o Botafogo não podia ser melhor para o Juventude na noite desta quinta-feira (11). 20 anos depois de conquistar a Copa do Brasil em cima do time carioca, novamente as equipes se enfrentaram pela mesma competição e novamente o verdão se deu melhor e garantiu classificação para a quarta do campeonato.

Com gols de Braian Rodríguez e Dalberto a equipe juventudista venceu de virada, 2 a 1, em jogo realizado no estádio Alfredo Jaconi. o primeiro gol da partida foi do time botafoguense aos 32 minutos do primeiro tempo. O volante Jean deu um belo toque por cima da defesa e deixou o meia Cícero na cara do gol. O ex-gremista dominou e tocou na saída do goleiro Marcelo Carné para abrir o placar.

O verdão ainda teve a vantagem de um homem a mais, pois o Rafael Jataí, recebeu o segundo amarelo e foi expulso pelo árbitro paulista Vinicius Furlan, com um a menos o Botafogo não resistiu as pressões do Juventude.

O alviverde caxiense continuou pressionado e aos 15 minutos, após cruzamento do meia John Lennon, o uruguaio Braian Rodríguez dividiu com o zagueiro Marcelo Benevenuto e a bola foi desviada para a meta de Gatito Fernández: 1 a 1.

O maior volume do Juventude permaneceu e aos 44 minutos Breno avançou pela esquerda e cruzou para Dalberto fazer o gol da vitória.

O placar foi o mesmo da partida de ida das finais da Copa do Brasil de 1999, conquistada pelo Juventude, que segurou o 0 a 0 na volta, no Maracanã. No final, o volante botafoguense Jean foi expulso por jogar a bola em cima de um jogador do Juventude.

Copa do Brasil
Juventude: Marcelo Carné, Vidal (Rafael Bastos), Genilson, Sidimar e Eltinho (Fellipe); Rafael Jataí (Breno); John Lennnon, Moisés, Denner e Dalberto; Braian Rodríguez.
Técnico: Marquinhos Santos

Botafogo: Gatito Fernandez, Marcinho, Marcelo Benevenuto, Gabriel e Gilson; Jean, Alex Santana, Cícero; Erik (Pimpão), Diego Souza (Igor Cássio) e Luiz Fernando (Rickson).
Técnico: Zé Ricardo

Gols: Cícero (B); Braian Rodríguez e Dalberto (J).
Árbitro: Vinicius Furlan, auxiliado por Daniel Luis Marques e Bruno Salgado Rizo (trio paulista).
Vermelho: Alex Santana e Jean (B).
Amarelos: Rafael Jataí, Braian Rodríguez, Denner (J), Gatito Fernandez, Alex Santana, Cícero (B).

LEAVE A REPLY