Juventude encara Brasil de Pelotas e empata em 1 a 1 no Bento Freitas

0
98

O Juventude foi até Pelotas enfrentar a equipe do Brasil e volta para Caxias do Sul com mais um importante ponto somado fora de casa. Em partida realizada na noite desta sexta-feira, dia 13, no Bento Freitas, o Verdão saiu atrás no placar, mas ainda no primeiro tempo buscou o empate.

Em gol irregular, Valdemir abriu o marcador para a equipe Xavante. Mattioni, de cabeça empatou para o Juventude.

Com o resultado, o Verdão chegou aos 17 pontos e ocupa a 15ª colocação. O Juventude volta a jogar fora de casa na próxima rodada. Agora, o desafio é no Maranhão, na terça feira, dia 17, contra a equipe do Sampaio Corrêa, às 20h30min.

O início do primeiro tempo foi equilibrado. As duas equipes brigaram muito na faixa central do campo e foi o Juventude quem chegou primeiro com perigo. Aos 18 minutos, Felipe Mattioni avançou no campo adversário, e chutou forte, para boa defesa de Marcelo Pitol.

Mesmo melhor na partida, o Verdão acabou sofrendo o gol aos 28 minutos. Após jogada de Éder Ciola, Valdemir chutou para o gol e a bola desviou no atacante Luiz Eduardo, que estava impedido. Gol irregular para os donos da casa, mas confirmado pela arbitragem. 1×0.

Após sofrer o gol, o Juventude dominou a partida. Aos 33 minutos, Jair finalizou e a bola bateu na mão do jogador Xavante.

O árbitro Heber Roberto Lopes mandou seguir e marcou apenas escanteio. O Juventude seguiu pressionando a equipe da casa e o gol Alviverde saiu aos 37 minutos. Após cobrança de escanteio, o zagueiro tirou a bola de cima da linha. No rebote Leandrinho cruzou na cabeça de Mattioni, que subiu para empatar a partida. 1×1.

Se no primeiro tempo o Juventude foi superior, no segundo o jogo voltou a ficar equilibrado, e poucas chances de gol foram criadas. Aos 8 minutos foi a vez do Brasil de Pelotas assustar. Pereira recebeu na entrada da área, mas Pará chegou a tempo de bloquear o chute do camisa 10. Aos 13, o Verdão criou a jogada mais perigosa da segunda etapa.

Mattioni executou boa jogada na linha de fundo e tocou para trás, Jair finalizou forte, no canto, para defesa salvadora de Marcelo Pitol. Buscando os três pontos, Leandrinho ainda arriscou um bom chute de fora da área, a bola passou perto do travessão, levando perigo ao gol de Pitol. Apesar da superioridade na posse de bola, o Verdão não conseguiu transformar o momento em finalizações claras, e o placar não se inverteu.

“Acredito que realizamos um jogo seguro defensivamente e conseguimos criar algumas alternativas ofensivas interessantes, especialmente na primeira etapa. Infelizmente, não conseguimos transformar o nosso volume de jogo em oportunidades claras e isso acabou dificultando para que conseguíssemos buscar a vitória. Temos, agora, mais um compromisso longe da nossa casa e precisamos pontuar para que possamos seguir na nossa missão de subir na tabela de classificação”, destacou Julinho Camargo.

Compartilhar

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.