Investimentos do Consepro garantiram avanços na segurança pública de Bento

0
102
Pompermayer, Zorte.a e Fracalossi. Foto Barbara Salvatti/Exata

Bento Gonçalves avançou no desafio de oferecer mais segurança à população em 2018 graças, em boa parte, aos esforços do Consepro. O Conselho Municipal de Segurança Pública vem consolidando importantes conquistas que beneficiam a comunidade – e são o resultado do engajamento coletivo em prol da causa.

Com o apoio da iniciativa privada, da sociedade civil, entidades de classe e do poder público, o órgão arrecadou cerca de R$ 900 mil em prol da segurança pública da cidade em 2018, conforme apresentado pela prestação de contas, divulgada no dia 15 de abril – em ato contínuo à palestra do Vice-governador e Secretário Estadual de Segurança, Ranolfo Vieira Júnior.

Dos mais de R$ 685 mil destinados aos órgãos de segurança pública, 55% do valor teve como destino a Brigada Militar e foi utilizado para aquisição de novos equipamentos e manutenção de efetivo, por exemplo. O restante da quantia foi dividido entre outros órgãos, como Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Posto de Identificação, Instituto Geral de Perícias, Instituto Médico Legal e Presídio Estadual.

Da receita total que supera os R$ 912 mil, 31% se deu por meio de projetos do Ministério Público Federal, CISGA e JECRIN. Outro montante significativo veio da Prefeitura de Bento Gonçalves, totalizando quase R$ 250 mil – grande parte oriunda do sistema de estacionamento rotativo que opera nas ruas da cidade (21% do total arrecadado pela Prefeitura com a área azul é destinado ao Consepro).

A política de conscientização da sociedade promovida pelo Consepro a fim de sensibilizá-la para o financiamento no combate à violência também surtiu resultado: os CNPJs de pessoas jurídicas aportaram aos cofres do Consepro R$ 189,7 mil. “É muito importante que todos percebamos o quanto cada um de nós também é responsável pela segurança, pois também somos parte desse problema e dessa solução”, destaca o presidente que comandou a entidade em 2018, Laércio Pompermayer.

Com superávit superior à R$ 62 mil, o intermédio do Consepro resultou na aquisição de equipamentos ao longo do ano que contribuíram para a crescente melhora na atuação dos órgãos, como a balança de pesagem instalada na 6ª delegacia da 9ª superintendência regional da Polícia Rodoviária Federal do Rio Grande do Sul e a implantação de mais câmeras de vídeo-monitoramento no município. “A transparência baliza as ações do Consepro e, com isso, podemos mostrar à sociedade o quão significativa é a atuação do conselho para o trabalho dos órgãos de segurança do nosso município. Tentamos sempre envolver a comunidade nesse processo e temos certeza que lançamos uma ideia que será aperfeiçoada e ganhará cada vez mais adesão”, enfatiza.

LEAVE A REPLY