Inter vence o Paysandu no primeiro jogo das oitavas pela Copa do Brasil

0
437
Guerreiro foi destaque na vitória colorada (Foto: www.internacional.com.br)

Em uma noite chuvosa o Internacional recebeu o Paysandu em partida válida pelo primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, o Colorado tem como desfalques Moledo, Patrick e Dourado, assim Odair Hellmann trouxe a campo Nonato, D’Alessandro e Émerson Santos. O Paysandu veio a campo se defendendo como pode, jogou no 4-4-2, mas a superioridade Colorada foi confirmada em campo e o Inter venceu por 3 x 1. Na semana que vem as equipes se enfrentam no Pará.

COMO FOI O JOGO:

O Inter começou jogando fácil, aos 4 minutos Paolo Guerreiro arriscou um chute de fora da área, como resposta o Paysandu fez boa jogada de ataque e Primão chutou por cima do gol de Lomba. A primeira chance clara do Inter foi em uma troca de passes na lateral esquerda entre Nonato e D’Ale, a bola sobrou para Nico Lopez que chutou cruzado e ninguém empurrou pra dentro do gol do Papão. Aos 12 minutos D’Alessandro faz outra boa jogada pela esquerda e ao cruzar na área reclama que a bola teria batido no braço de Micael, mas o juiz não marca.

Aos 18 minutos Guerreiro sofre uma falta, D’Ale cobra e quase abre o placar, a bola bate no travessão, depois no goleiro e vai para escanteio. O Inter temoutra boa chance aos 23 minutos, após uma troca de passes Edenílson entra na área e chuta para mais uma defesa de Mota. Na sequência o Colorado tem um escanteio a seu favor e Guerreiro cabeceia nas mãos do goleiro, porém aos 25 minutos ele brilha, entra na área, passa por dois e chuta, sem chances para o goleiro. Inter 1 x 0.

Aos 29 o Inter marca mais um, porém desta vez Iago estava impedido e o gol é bem anulado pelo juiz. O Paysandu reage, consegue um ataque pela esquerda, a bola é lançada na área, Victor Oliveira desvia e Diego Rosa empurra pro gol, mas ele também estava impedido e o gol é bem anulado. Pra fechar o primeiro tempo o Inter tem outra grande chance, Nico Lopez avança e chuta cruzado pela direita exigindo uma grande defesa de Mota, a bola vai para escanteio, na cobrança D’Ale lança na cabeça de Guerreiro que ajeita para Nico tentar de bicicleta, mas a bola vai para fora.

O segundo tempo começa e quem ataca é o Papão, logo aos dois minutos, em uma jogada de ataque pela esquerda a equipe do Paysandu consegue o empate após bola lançada na área e o capitão subir livre pra marcar.

Odair Helmann faz uma alteração logo no início da segunda etapa, ele tira Zeca e coloca Guilherme Parede, e em cobrança de escanteio Paolo Guerreiro sobe mais uma vez e cabeceia para a defesa de Mota. O colorado segue no ataque. Aos 13 minutos em bola alçada na área, Rodrigo Lindoso se antecipa ao último zagueiro e toca pra dentro do gol, Inter 2 x 1 Paysandu.

O Inter volta a ter boas chances de ataque, com a movimentação de Parede, Guerreiro tem mais chances de gol, Odair Helmann tira D’Alessandro aos 30 minutos e coloca Rafael Sóbis para dar mais velocidade ao ataque Colorado. E Sóbis em sua primeira oportunidade, após receber a bola de Gueggeiro, chuta, a bola desvia na zaga e vai pra escanteio, na cobrança de escanteio a cortesia é devolvida, Sóbis cobra na cabeça de Guerreiro que não perdoa e amplia o placar. Inter 3 x 1.

Odair Helmann faz mais uma alteração, tira Nico López e coloca o jovem Sarrafiore. Aos 41 minutos mais uma chance, Paredes recebe o passe e chuta na saída do goleiro Mota, a bola bate na trave a zaga afasta. O árbitro da mais três minutos de acréscimos, mas o jogo termina com a vitória Colorada.

Guerreiro foi destaque na vitória colorada (Foto: www.internacional.com.br)

COMPARTILHAR

LEAVE A REPLY