Instalação e avaliação da exposição de uvas nos pavilhões ocorrem nesta quinta

0
267
Serão analisados critérios como sanidade, uniformidade de maturação e tamanho da fruta. Foto: Divulgação

A instalação e a avaliação da exposição de uvas da Festa da Uva 2019 ocorrerão nesta quinta-feira (21/02). De manhã, das 8h às 10h, os produtores começarão a colocar as frutas na estrutura de madeira, que ficará no Centro de Eventos (Pavilhão Itália). Das 16h às 21h, os sete jurados, convidados pela Secretaria Municipal da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Smapa), analisarão as frutas.

Serão levados em conta critérios como sanidade, uniformidade de maturação, tamanho, presença de resíduos e impurezas, além do efeito visual, entre outros. A banca de jurados é formada por enólogos, agrônomos e representantes de entidades e sindicatos do segmento.

Os 279 produtores inscritos em 13 categorias irão expor na Festa com o intuito de tornar suas produções conhecidas e alavancar seus negócios. Neste ano, as uvas ficarão em uma estrutura de madeira rústica, sem fechamento em vidro, como era feito nas últimas edições. A ideia é resgatar o conceito utilizado nas primeiras festas, quando a uva ficava mais acessível ao visitante.

O anúncio dos premiados ocorrerá em um jantar no Restaurante Tulipa, dia 27 de fevereiro, às 19h. Os vencedores ganharão uma viagem técnica para Mendoza, na Argentina, paga com recursos do Fundo Municipal de Desenvolvimento Rural (FMDR), gerido pela Smapa.

Logística de distribuição

Além da organização da exposição, a Smapa também está auxiliando a Festa da Uva 2019 na compra de uvas e na logística de distribuição delas durante o evento. As reuniões da Comissão Comunitária iniciaram ainda em 2017 e a pasta participou ativamente com a presença da secretária Camila Sandri Sirena.

“Nós estamos muito satisfeitos em poder fazer parte desse novo formato da Festa, que resgata e valoriza as raízes da nossa gente. Esse evento coloca o agricultor em evidência para ser reconhecido por meio da agricultura, da Caxias da uva”, argumentou Camila. “A Smapa está fazendo o possível para auxiliar da melhor maneira os agricultores durante a Festa, porque queremos propagar a qualidade do produto distribuído”, completou a secretária.

Jurandir Luvison, 62 anos, morador da Linha 40, produz 150 toneladas de uvas, como niágara branca e rosa e bordô. Ele é um dos fornecedores da fruta para a Festa. “Nós sempre participamos da Festa, de uma maneira ou de outra, já faz parte da nossa tradição. Ainda mais neste ano que a uva está com uma qualidade excelente, tem um formato bonito e um aroma bom. Estamos contentes em contribuir com esse grande espetáculo”, pontuou.

A previsão de distribuição de uvas durante a festa comunitária é de 150 toneladas das variedades niágara branca e rosada e isabel. Até o momento, aproximadamente 110 toneladas já estão armazenadas em câmaras frias em uma empresa no bairro Santa Fé, para posteriormente serem levadas até os pavilhões. Os produtores ainda seguirão entregando as frutas nesta semana até a abertura do evento.

A Festa da Uva 2019 ocorre de 22 de fevereiro a 10 de março.

 

LEAVE A REPLY