Iniciaram na manhã desta sexta-feira (17), as obras de recuperação das rodovias estaduais que cortam Farroupilha. Elas tiveram início nas proximidades do km 60, em frente a Tramontina. A empresa Toniolo Busnello fará o trabalho que custará R$ 630 mil e será pago com recursos do município. De acordo com a prefeitura, assim que finalizada as obras, que devem durar até dois meses, será feita a cobrança judicial deste valor junto ao Governo do Estado. Ao todo serão recuperados trechos da ERS-122, da RSC-453 e da Rodovia dos Romeiros, com um total de aproximadamente 33 quilômetros de rodovias. Nos locais onde os buracos são maiores, será feito um trabalho de recorte, fresagem, limpeza e reposição da camada asfáltica. Em uma coletiva de imprensa, realizada na manhã desta sexta-feira, no local onde as obras iniciaram, o prefeito Claiton Gonçalves disse que a contratação emergencial da empresa se deu por conta do alto risco de trafegabilidade dos mais de 60 mil veículos que transitam diariamente no local. O dinheiro que irá custear as obras sairá do superavit municipal de 2018. A prefeitura ainda alega que as obras em estradas do interior e das vias urbanas não serão prejudicadas. O Comando Rodoviário da Brigada Militar de Farroupilha (CRBM) acompanha as obras e faz as orientações no trânsito.