SEXTA-FEIRA VIOLENTA

Homem é executado a tiros dentro de mecânica no bairro Santa Fé, em Caxias

MAURO TEIXEIRA -     
0
22520

Com menos de 15 dias o ano de 2018 pode dizer que já teve o dia mais violento do ano, pois na mesma sexta-feira que iniciou com um duplo homicídio no bairro Cristo Redentor, também encerrou de forma violenta em Caxias do Sul.

Donílio Aparecido de Carvalho, 49 anos, foi morto com vários disparos de arma de fogo em uma oficina na rua Oscar Bertoldo, esquina com rua Carolina Antunes Pires, bairro Santa Fé, zona norte da cidade.

Donílio Aparecido de Carvalho, 49 anos, morreu com pelo menos seis disparos de arma de fogo. Foto: Mauro Teixeira

Conforme informações da polícia dois homens entraram no estabelecimento, que além de mecânica durante o dia também há um bar em anexo que funciona durante a noite, os criminosos chegaram no local e deram ao menos 10 tiros em direção a vítima que ficou ferido com ao menos seis disparos.

Carvalho já tinha antecedentes por receptação e tráfico de drogas, não resistiu aos ferimentos e morreu de bruços em meio aos veículos que estavam dentro do barracão feito de madeira.

Além da morte no Santa Fé outros dois homicídios foram registrados nesta sexta-feira, dia 12, William dos Santos Francischelli, 25 anos, e Paulo Ricardo Cieslik, 29, foram vítimas de duplo homicídio pela manhã . O crime aconteceu nas imediações da rua Padre Antônio Vieira, por volta das 7h15min.

Com mais esses três homicídios registrados o ano de 2018 chega ao número de sete mortos de forma violenta. Em 2017 o número de mortes chegou a 127. Já em 2016 houve uma explosão dos números, pois chegou a 151 mortes durante o período.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.