Grêmio joga mal e perde para o Estudiantes na ida das oitavas da Libertadores

0
358
O jogo de volta acontece no dia 28 de agosto, na Arena, em Porto Alegre (Foto: reprodução)

Jogando em Buenos Aires, no Centenário de Quilmes, o Grêmio enfrentou o Estudiantes, no primeiro jogo das oitavas de final da Copa Libertadores da América e acabou derrotado pelo placar de 2 a 1.

O tricolor iniciou melhor nos primeiros minutos, controlando as ações da partida, e aos 7, criou uma chance clara de gol com André, que chutou colocado, buscando o ângulo esquerdo da meta argentina, a bola subiu demais e foi pela linha de fundo.

No minuto seguinte, a zaga gremista dividiu na entrada da área com os argentinos, a bola sobrou para Apaolaza que arriscou e acertou o canto esquerdo da meta de Marcelo Grohe. Um belo gol e o 1 a 0 no placar.

O segundo gol dos donos da casa veio da bola parada. Em cobrança de escanteio, Rodríguez colocou na área para o zagueiro Campi subir e mandar de cabeça para o fundo das redes.

O tricolor foi em busca do resultado, com muita posse de bola mas sem efetividade. O gol gremista veio somente aos 43 minutos, também em cobrança de escanteio. Luan alçou a bola no primeiro poste, André desviou de cabeça, obrigando Andújar a fazer a defesa e no rebote, Kannemann subiu e mandou para o fundo das redes decretando os números da primeira etapa: 2 a 1 no placar.

Na segunda etapa o jogo foi mais equilibrado. Renato Portalupi tirou André e colocou Jael, tirou Pepê para colocar Marinho e Luan saiu lesionado para a entrada de Douglas. Jael entrou muito bem na partida, perturbando a zaga adversária e protagonizando as melhores chances do Grêmio.

Apesar da pressão, os gaúchos não conseguiram empatar o jogo e agora se preparam para o segundo confronto, que irá acontecer no dia 28 de agosto, na Arena, em Porto Alegre. Uma vitória simples garante a classificação do tricolor à próxima fase.

FICHA TÉCNICA:
ESTUDIANTES 2 x 1 GRÊMIO

ESTUDIANTES – Mariano Andújar; Facundo Sánchez, Jonatan Schunke, Gastón Campi e Iván Erquiaga (Fabián Noguera); Fernando Zuqui, Iván Gómez e Lucas Rodríguez; Pablo Lugüercio (Lattanzio), Francisco Apaolaza e Matías Pellegrini (Cascini). Técnico: Leandro Benítez.

GRÊMIO – Marcelo Grohe; Léo Moura, Kannemann, Pedro Geromel e Marcelo Oliveira; Cícero, Maicon, Ramiro, Luan (Douglas) e Pepê (Marinho); André (Jael). Técnico: Renato Gaúcho.

GOLS – Apaolaza, aos 8, Campi, aos 37, e Kannemann, aos 43 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS – Maicon, Kannemann, Lucas Rodríguez, Erquiaga, Sánchez.
CARTÃO VERMELHO – Zuqui.
ÁRBITRO – Andrés Cunha (Uruguai).
LOCAL – Estádio Ciudad de Quilmes, em Quilmes (Argentina).

Clique na imagem para ampliar:

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.