Estacionamento rotativo em Bento Gonçalves pode sofrer mudanças

0
412
Município está avaliando promover inovações (Foto: Dariano Moraes)

O serviço de estacionamento rotativo, pago, concedido pela Prefeitura de Bento Gonçalves, cujo contrato de concessão, vence em setembro deste ano, poderá sofrer modificações.

De acordo com o Secretário de Segurança Pública do Município, José Paulo Marinho o município está avaliando promover inovações a partir da nova licitação para melhorar a prestação do serviço ao usuário. Para isso está sendo observada a sistemática em outros municípios.

“Municípios como Gravataí e Carlos Barbosa, o pagamento é feito com cartão de crédito, pode pagar com aplicativo sem ter de ir até o veículo. Hoje, em Bento, você tem de ir até um parquímetro para emitir o ticket, caminhar uma quadra ou mais de volta para colocar o ticket no para-brisa do veículo. Se tiver vencendo você tem de sair de onde está para regularizar o estacionamento, afirma.”

Embora o sistema atual ofereça a opção de gerenciamento dos créditos por aplicativo no celular, o secretário defende um sistema que ofereça outras opções. “Em outros municípios a fiscalização é feita através de sistema remoto fixado numa viatura que ao passar detecta a situação de cada veículo, gerando uma notificação automática”.

Os parquímetros datam de 2008 data do início da prestação do serviço, e caso o serviço seja renovado ou licitado precisará ser modernizado. O número de parquímetros pode permanecer o mesmo, agregando novos serviços junto aos dispositivos.

Existem reclamações sobre a retenção indevida de moedas no parquímetro ou as vezes não está funcionando, obrigando o usuário a buscar outro dispositivo ou encontrar um monitor. A partir das reclamações a secretaria demanda a empresa.

Do valor arrecadado pela empresa, 21% é para o município, que repassa cem por cento ao Conselho Pró Segurança Pública (Consepro) para ajuda no custeio da Brigada Militar e Polícia Civil Comunitária.

Compartilhar

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.