Equipamentos de contagem de tráfego são instalados nas rodovias da região

0
698
Os dispositivos são utilizados exclusivamente para calcular o número de veículos que circulam nas rodovias (Foto: Divulgação)

O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) retomou a instalação dos equipamentos de contagem de tráfego nas rodovias da região de Bento Gonçalves, na segunda-feira (08). A ação, que iniciou em maio deste ano, integra o estudo de Contagem Volumétrica de Tráfego coordenado pela Superintendência de Pesquisas Rodoviárias da autarquia.

Os dispositivos são utilizados exclusivamente para calcular o número de veículos que circulam nas rodovias. Não há nenhuma aferição de velocidade, tampouco a emissão de multas. O objetivo é identificar a quantidade e a classificação de veículos que circulam nas estradas gaúchas.
Até a próxima segunda-feira (15), os aparelhos estarão na VRS-827 (entroncamento da BRS-116 – entr. VRS-842, em Linha Temerária) e na ERS-452 (entr. VRS-826 – entr. BRS-116, em Nova Palmeira). No dia 19 deste mês, o estudo será realizado na ERS-431, entre Santa Bárbara e São Valentim do Sul, onde deve permanecer por sete dias.
O trabalho continua entre os dias 27 de outubro e 04 de novembro na ERS-122 (entr. ERS-446 – entr. RSC-453 e entr. ERS-122 – Linha 40), VRS-864 (entr. ERS-122, em Vila Forqueta – Mato Perso), VRS-831 (entr. ERS-122 – Santa Justina) e VRS-829 (entr. RSC-453 – Fazenda Souza).
Na ERS-444 serão quatro pontos diferentes: entr. ERS-444 – Monte Belo do Sul; entr. ERS-444 – Sulavan; entr. BRS-470 – acesso a Sulavan; entr. RSC-453 – Barracão. No mesmo período serão instalados em segmentos da RSC-453, sendo eles: entr. ERS-448 – acesso a Caravaggio; entr. RSC-453 – – Nossa Senhora do Caravaggio; acesso a Caxias do Sul – entr. ERS-122; entr. ERS-122, em Caxias do Sul – entr. BRS-116 e Eberle – entr. ERS-476.
O levantamento está sendo executado pela empresa DBA, contratada pelo Daer, e os primeiros aparelhos foram instalados na região de Osório. Ao todo, serão mais de 500 locais de contagem durante o período de um ano de duração do contrato. Após a execução do trabalho de campo, os resultados obtidos alimentarão o banco de dados do Departamento e o Sistema de Gerência de Pavimentos.

Compartilhar

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.