Empreendendo no Turismo

0
669

Um ótimo assunto para iniciarmos o ano aqui no blog #maisturismopfvr é o empreendedorismo no setor turístico. Tendo em vista que certas ações empreendedoras são fundamentais para o sucesso dos negócios nesta área.

Mas o que é preciso para ser um empreendedor no Turismo?

  • Gostar de trabalhar com pessoas
  • Ser criativo e inovador
  • Apreciar outras culturas
  • Saber contar histórias
  • Pensar fora da caixa

No Turismo trabalhamos com pessoas e para pessoas. E as pessoas para as quais trabalhamos estão em um momento muito especial da sua vida. Aproveitando os instantes de lazer com a família, os amigos ou até mesmo sozinhas. Dessa forma, os trabalhadores do setor precisam ter em mente que eles estão realizando sonhos, então devem se esforçar ao máximo para concretizá-los.

Sempre fazer a mesma coisa poderá levar o negócio à estagnação. O Turismo é uma área que necessita se reinventar a todo o instante para que sempre existam pessoas interessadas em se deslocar da sua residência para visitar o destino turístico. As ações realizadas em 2018 precisarão de uma nova roupagem em 2019 para continuarem sendo atrativas.

Quem trabalha com o Turismo precisa estar aberto a outras culturas sem prejulgamentos. Acredito que uma das maiores riquezas desse setor é poder se relacionar com pessoas de culturas completamente diferentes sem sair da sua região. Aproveitar isso para seu enriquecimento cultural e troca de experiências entre anfitrião-turista faz dessa profissão uma das mais encantadoras.

É essencial saber contar histórias. Muitos turistas chegam ao destino turístico ávidos por informações. Querem saber como surgiu aquela comunidade, quem foi o percursor e quais foram os seus legados. Assim, conhecer perfeitamente os detalhes da região é uma característica importante para quem trabalha no setor. E claro, saber se comunicar com clareza é indispensável.

Saber sentir o Turismo. Sempre digo que o Turismo é um setor que precisa ser sentido. É necessário nos colocarmos no lugar do turista e tentar fazer da nossa empresa o melhor lugar onde ele poderia estar naquele momento. Por isso, precisamos estar abertos às mudanças constantes. Esta visão muitas vezes não é fácil para os profissionais que vem de áreas mais pragmáticas, mas é fundamental.

Não pense que pelo título este texto é direcionado apenas para os donos e gerentes de negócios turísticos. Os colaboradores também podem, e devem, empreender em seus locais de trabalho, pois na maioria das vezes eles que representam a primeira imagem do negócio e que, porventura, terão que ter a criatividade e o pensamento fora da caixa para resolverem problemas cotidianos.

Que comecemos 2019 mais empreendedores!

Até mais!

COMPARTILHAR

LEAVE A REPLY