Criança passa mal após ingerir veneno de rato em escola infantil de Caxias

5
7988
(foto: ricardo gatelli/rscom)

Uma criança passou mal após ter ingerido veneno de rato em uma escola infantil na última terça-feira (14), em Caxias do Sul. O menino foi encaminhado para atendimento médico, passou por exames e não corre risco de morte.

De acordo com a genitora da criança que ingeriu o veneno de rato, Jéssica Marques, ela recebeu uma ligação da administração da escola informando o fato. “Na última terça-feira (14), recebi uma ligação da diretora da Escola Infantil Nosso Amiguinho, onde meu filho frequenta, me informando que ele havia engolido veneno de rato e era para eu ir à escola. Sai correndo até a escolinha e quando cheguei lá, ele estava sentado em um cadeira. Imediatamente, levei ele a um hospital para receber atendimento, mas, graças a Deus, ele fez exames, ficou algum tempo em observação e foi liberado. Eu fico pensando e se tivesse acontecido o pior (óbito), não iriam adiantar ligações com pedidos desculpas, meu filho já estaria morto e isso não iria trazê-lo de volta.”

A mãe ainda desabafa, “a gente sai para trabalhar, achando que o filho está seguro (na escolinha), mas não está. A diretora me explicou o caso dizendo que meu filho estava em uma sala, foi em outra e pegou o veneno de rato, que estava em baixo de um armário, e comeu pensando que eram balinhas. Ela ainda me disse, ‘ah mãe você conhece seu filho, sabe como que ele é’, mas nada explica ter veneno de rato acessível às crianças em uma escola. Outras poderiam ter ingerido, não só o meu filho. Por isso, é muito importante orar para nossos filhos, pedir a Deus para guardar eles, porque, se não fosse Deus, meu filho não estaria comigo.”

A coordenadora da Escola Infantil Nosso Amiguinho não quis comentar o caso.

A assessoria de imprensa da Secretaria Municipal da Educação (Smed), informou que prestou acompanhamento à criança e também orientou as demais escolas do município a terem cuidado com essas situações.

COMPARTILHAR

5 COMMENTS

  1. Mas essa diretora não se prestou para chamar assistência? A mãe teve que se deslocar ate lá? Inadmissível, irresponsabilidade, descaso, isso não pode se repetir, nem nessa escola e em nenhuma outra. Indignação

  2. Negligência, cadê as professoras que deixaram essa criança desassistida,em uma sala com veneno? Elas estão lá para cuidar de todos,criança é criança,não sabe destinguir o certo do errado.

  3. Que negligência e falta de responsabilidade destes funcionários, a de ter veneno na escola e pior ainda não prestar socorro a criança. Tinha que no mínimo ter levado a criança para o hospital o mais rápido possível.

LEAVE A REPLY