Compra de medicamentos requer pesquisa do melhor preço indica Procon

0
121
Orientação é pesquisar (Foto: Dariano/RSCOM)

O Procon de Bento Gonçalves realizou pesquisa em seis farmácias da cidade, tendo como base medicamentos de uso contínuo ou os mais usados nesta época do ano e orientação é pesquisar preço.

Embora a Agência Nacional de Vigilância em Saúde (Anvisa), não estipule tabelamento de preços, ela estabelece um teto. No levantamento de preços do Procon não foi identificado prática que burlasse o teto, mas, em alguns casos a diferença de preço chega a quase cem por cento no mesmo medicamento.

É o caso do medicamento genérico Losartana Potássica 50 mg usado no tratamento da hipertensão. A embalagem com 30 comprimidos o menor valor encontrado foi de R$ 3,57 e o maior R$ 5,50, sendo que outros estabelecimentos praticam preços intermediários a estes.

A Coordenadora do Procon Karen Bataglia, orienta que os consumidores pesquisem antes de comprar. “O consumidor deve também comparar os preços entre os diferentes estabelecimentos. Há muita variação de preço. Mesmo adquirindo um remédio genérico, é importante que consumidor pesquise os preços de genéricos de diferentes laboratórios”.

Outro item a ser observado é a data de validade impressa na embalagem dos remédios, pois o preço abaixo do esperado pode indicar que o prazo de validade da mercadoria está por vencer.

Compartilhar

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.