Liberado trecho da ERS-122 entre Flores da Cunha e Antônio Prado

Fluxo está sendo gerenciado pela equipe da concessionária através do sistema de pare e siga, enquanto o trânsito na área ainda demanda atenção extra por parte dos motoristas

Publicado por
14:49 - 05/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Divulgação / CSG

No início da tarde deste domingo (05), a Concessionária da Serra Gaúcha (CSG) informou a liberação do trecho da ERS-122, entre os quilômetros 103 e 115, rota vital que conecta os municípios de Flores da Cunha e Antônio Prado. O fluxo está sendo gerenciado pela equipe da concessionária através do sistema de pare e siga, enquanto o trânsito na área ainda demanda atenção extra por parte dos motoristas. Este segmento estava completamente interditado desde a última terça-feira, dia 30 de abril, devido a desmoronamentos e deslizamentos de pedras.

A CSG mantém uma vigilância constante sobre todas as estradas sob sua jurisdição e está empenhada em restabelecer completamente a circulação nas rodovias com segurança. Os esforços continuam concentrados em colaboração com a Brigada Militar, Corpo de Bombeiros, prefeituras e Defesa Civil.

A situação das estradas administradas pela CSG na região do Vale do Caí e na Serra Gaúcha é a seguinte:

Pontos com bloqueio total:

  • ERS-122, entre os quilômetros 39 e 51, de Nova Milano (Farroupilha) a São Vendelino, devido a deslizamentos e rompimento de pista.

Pontos liberados:

  • ERS-122, dos quilômetros 0 ao 39, entre Portão e São Vendelino.
  • ERS-122, dos quilômetros 103 ao 115, de Flores da Cunha a Antônio Prado.
  • ERS-446, dos quilômetros 0 ao 14, entre Carlos Barbosa e São Vendelino.
  • RSC-287, dos quilômetros 0 ao 21, entre Montenegro e São Leopoldo.
  • ERS-240, dos quilômetros 0 ao 33, entre Montenegro e São Leopoldo.

A CSG alerta que o tempo de viagem nos trechos liberados é maior devido aos pontos de pare e siga, estreitamento de pista e desvios. Paciência, cuidado e respeito à sinalização são essenciais para os motoristas.

ATENÇÃO: Desde às 15h do dia 1º de maio, as cobranças nos seis pórticos do pedágio free flow estão suspensas. Ainda não há previsão para o retorno das cobranças.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp