Caxias do Sul é o maior produtor de caqui do Estado

0
531

Os agricultores de Caxias do Sul já estão colhendo caqui. Conforme a Emater, o município é o maior produtor da fruta com uma média de 16 mil toneladas anuais. Entretanto, a estimativa da Secretaria Municipal da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Smapa) aponta um crescimento de 25%, representando uma colheita de 20 mil toneladas em 2019.

Fotos: Ruan Alves/Divulgação

As variedades colhidas em Caxias do Sul são a kyoto, conhecida como chocolate preto, e a fuyu, popularmente chamada de chocolate branco. “Os agricultores colhem as duas variedades ao mesmo tempo. Muitas vezes eles começam a colher um pouco depois para estender a safra. Nos distritos mais quentes, a colheita começa antes”, esclareceu José Taiarol, engenheiro agrônomo da Smapa.

O caquizeiro é uma planta duradoura. Apresenta desenvolvimento inicial lento, com longevidade de dezenas de anos. O desenvolvimento da plantação acontece nos mais variados tipos de solos, desde que sejam dotados de boa capacidade de retenção de umidade. Das frutas produzidas em Caxias, a kyoto é mais resistente e alaranjada, com uma polpa escura e mais firme. Já o caqui fuyu é macio, tem sabor, cor laranja e não possui sementes.

Fotos: Ruan Alves/Divulgação

José Alves da Silva, 57 anos, morador de Tunas Altas, em Vila Oliva, produz maçã, pêssego, ameixa e pera, além de 220 toneladas de caqui. “A qualidade está melhor do que a safra do ano passado, porque o clima também ajudou. A região é propícia para plantar caqui, por isso somos o maior produtor”, argumentou. A safra ocorre de março a meados de maio. De acordo com a cotação da Ceasa Serra, o preço médio da fruta é de R$ 3,00 o quilo.

COMPARTILHAR

LEAVE A REPLY