Caxias deve decretar situação de emergência após temporal do último sábado

0
820
Foto: Mauro Teixeira

O prefeito Daniel Guerra decretará situação de emergência em Caxias do Sul após o temporal de granizo que atingiu a cidade no último sábado (13). Em reunião nesta segunda-feira (15), diversas secretarias municipais que prestaram atendimento, bem como o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil Região Serra, começaram a compilar dados e articular a construção do decreto.

Apesar de não gerar grandes danos ou pessoas feridas e desabrigadas, constatou-se que o temporal foi abrangente, atingindo diversas áreas diferentes do território caxiense. O documento deverá ser publicado ao longo da semana.

O principal objetivo do decreto é viabilizar a dispensa de licitação para a compra de materiais necessários ao atendimento. A Secretaria da Habitação já distribuiu 26,8 mil metros quadrados de lonas e cadastrou 207 pessoas para o recebimento de telhas.
A decretação facilitará a reposição desses itens e a distribuição a mais pessoas atingidas, conforme a necessidade. Além disso, apresentando o decreto, será mais fácil o resgate de seguro da produção por parte dos agricultores que tiveram prejuízos.

 

Documento agilizará compra de materiais e recebimento de seguros por parte dos agricultores. Foto: Divulgação

O último relatório da Defesa Civil Região Serra informa que 523 residências foram destelhadas ou tiveram as telhas perfuradas em Caxias do Sul. Para decretar emergência, é necessário reunir uma série de informações que comprovem a situação do Município.

O grupo de trabalho que está viabilizando essa tarefa é composto pelas secretarias municipais da Habitação, de Obras e Serviços Públicos, de Segurança Pública e Proteção Social (que abrange a Defesa Civil Municipal), do Meio Ambiente, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, do Urbanismo, de Trânsito, Transportes e Mobilidade e da Educação.

A equipe ainda conta com a Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca), Fundação de Assistência Social (FAS), Corpo de Bombeiros e Defesa Civil Região Serra.
Não há relato de necessidade de arrecadação de itens de quaisquer tipos em virtude do temporal.

LEAVE A REPLY