Bope Gaúcho: batalhão é oficializado e passa a atuar no Rio Grande do Sul

0
5876

O Rio Grande do Sul passa a contar de fato com um Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope). A cerimônia de instalação, ocorrida nesta quinta-feira (17), marca o início das atividades da unidade, instituída por decreto em dezembro de 2018. O ato contou com a presença do vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, e do comandante-geral da Brigada Militar, Mario Ikeda.

O evento oficializou também a mudança de designação dos três Batalhões de Operações Especiais (BOEs), que passam a serem denominados 1º, 2º e 3º Batalhões de Polícia de Choque (BPChoque). As unidades estão localizadas nos municípios de Porto Alegre (1º), Santa Maria (2º) e Passo Fundo (3º).

O BPChoque da capital continuará com duas companhias de Polícia de Choque, com a fração Canil (responsável por todos os canis da BM no Estado) e com uma Companhia de Patrulhas Especiais (Patres). Os batalhões de Santa Maria e Passo Fundo manterão somente as atividades de Polícia de Choque.

O efetivo do Bope englobará o do Gate, acrescido de uma estrutura de Estado-Maior. As ações serão subsidiadas pela seção de inteligência, visando o aumento da efetividade. “É um momento simbólico e muito esperado por todos nós na instituição. Temos que agradecer o trabalho das pessoas que fizeram parte desta história e desejar boa sorte aos que iniciam o novo ciclo”, frisou Ikeda.

LEAVE A REPLY