Bandidos armados roubam mais de R$ 2 mil do caixa de loja no Centro

0
1075

A loja situada na Avenida Osvaldo Aranha foi assaltada na quarta-feira, 8, as 17h25min. mas o registro só foi efetuado neste final de semana. Os bandidos levaram mais de R$ 2 mil.

Segundo o boletim, quatro indivíduos chegaram na loja, dois deles ficaram na porta enquanto os outros dois se dirigiram ao caixa. Armados, anunciaram o assalto levando a quantia de R$2.225,00.

Na loja estavam só os funcionários e, embora o local possua câmeras, as imagens não ficaram armazenadas. A Brigada Militar atendeu a ocorrência, fez buscas, mas não conseguiu prender os criminosos.

Empresa foi furtada duas vezes na mesma semana (Foto: Dariano Moraes)

O número de roubos a estabelecimentos e a pedestres no Centro de Bento tornou-se uma prática diária. Uma loja situada na esquina da rua Assis Brasil com rua Ramiro Barcelos foi furtada duas vezes esta semana. Prejuízo supera R$ 8 mil, considerando os danos.

Em protesto, a proprietária colocou uma faixa na vitrina em que exalta a morte da segurança. “Estamos de luto pela falta de segurança”, diz a mensagem.

Entenda o caso de reincidência- (por Bruno Mezzomo)

Uma loja localizada na rua Ramiro Barcelos, na área central de Bento Gonçalves foi alvo de furto arrombamento pela segunda vez, em seis dias e tem prejuízo estimado em quase R$ 8 mil.

O fato mais recente ocorreu na madrugada desta sexta-feira, dia 10, quando criminosos quebraram a porta de vidro, entraram no local e furtaram roupas.

Segundo o boletim de ocorrência, a vítima foi acionada pela empresa de monitoramento que avisou do alarme que havia disparado. No local, a vítima constatou a porta de vidro quebrada e o furto de sete casacos, nos valores de R$ 490 cada, dez blusas de trico-malha de R$ 290 cada.

No sábado, dia 4 de agosto, foram furtadas também durante a madrugada 25 calcinhas, com prejuízo de pelo menos R$ 750.

Câmeras de monitoramento flagraram um homem pegar uma pedra, quebrar a porta de vidro e furtar os objetos. Novas imagens serão analisadas pela polícia. O bandido pode ser o mesmo em ambos os casos.

Compartilhar

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.