Apreendidos os menores que participaram de tentativa de latrocínio em Bento

0
412
Menores agiram com frieza (Foto: Dariano Moraes/RSCOM)

Os quatro menores envolvidos no latrocínio tentado, dia 19 de julho, no Ginásio do Busa no Vale dos Vinhedos, que deixou três pessoas feridas foram apreendidos na manhã desta sexta-feira,10, no bairro Municipal e serão encaminhados para o Centro de Atendimento Sócio-Educativo (Case) de Caxias.

Conforme o Delegado Álvaro Becker, eles têm idade entre 13 e 17 anos e, apesar da pouca idade, demostram frieza na execução de crimes. Dois deles têm passagem por roubo e tráfico e durante depoimento não demonstraram arrependimento.

A arma do crime trazida de Santa Catarina ainda não foi encontrada, mas é possível que ainda esteja em circulação. Dois menores moravam na rua e ofereciam risco à sociedade e não está descartada a participação em roubos registrados nos últimos dias na cidade. Dentre as três pessoas feridas está um menor de 14 anos que permanece internado no Hospital Tacchini em estado grave.

Na noite do crime um menor foi apreendido pela Brigada Militar mas será colocado em liberdade. A similitude com o verdadeiro autor dos disparos, levou a uma das vítimas indicar a suposta autoria.

Relembre

No dia 19 de julho, quinta-feira, por volta das 19h30min. três pessoas que estavam no ginásio do Palmeiras da Busa, situado na rua Daville Sandrin, no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, foram rendidas por quatro indivíduos que além de levarem os pertences das vítimas, amararam e logo depois atiram contra elas.

Na chegada renderam o zelador que estava do lado de fora do ginásio. Logo em seguida, renderam e amarraram as mãos de um adolescente e de um homem de 38 anos que aguardava a abertura da quadra para jogar.

Segundo a vítima, eles permaneceram amarrados por aproximadamente 40 minutos, enquanto os bandidos apanhavam cerveja, dinheiro, documento e celulares no ginásio. Na saída, quando três dos bandidos já estavam no carro, o criminoso armado atirou na cabeça do adolescente e do zelador, que permaneceram feridos no chão.

A terceira vítima teve a arma apontada para sua cabeça, mas se esquivou e o tiro pegou de raspão no nariz. Antes de sair, ainda foram desferidos mais dois tiros em sua direção, mas não o atingiram, por que ele correu em busca de proteção, afirmou.

Logo em seguida, os bandidos roubaram um Corola que estava no local e fugiram. Minutos depois, o veículo foi abandonado na rua Basilo Zorzi, no bairro Municipal. Os feridos com maior gravidade foram levados para o Hospital Tacchini e a outra vítima recebeu atendimento na UPA.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.