ALMANAQUE: acontecimentos que marcaram o dia 15 de março na História

0
335
Tim Maia, nome artístico de Sebastião Rodrigues Maia (Rio de Janeiro, 28 de setembro de 1942 — Niterói, 15 de março de 1998), foi um cantor, compositor, maestro, produtor musical, instrumentista e empresário brasileiro, responsável pela introdução dos gêneros soul e funk na música popular brasileira e reconhecido como um dos maiores ícones da música no Brasil. Suas músicas eram marcadas pela rouquidão de sua voz, sempre grave e carregada, conquistando grande vendagem e consagrando muitos sucessos. Nasceu e cresceu na cidade do Rio de Janeiro, onde, durante a juventude, conviveu com Jorge Ben Jor e Erasmo Carlos. Em 1957, fundou o grupo The Sputniks, no qual cantou junto a Roberto Carlos. Em 1959, emigrou para os Estados Unidos, onde teve seus primeiros contatos com o soul, vindo a ser preso e deportado por roubo e porte de drogas. Em 1970, gravou seu primeiro disco, intitulado Tim Maia, que, rapidamente, tornou-se um sucesso com músicas como "Azul da Cor do Mar" e "Primavera".

Dia Mundial da Escola
Santo do dia: São João Clemente
Lua: Crescente
Signo: Peixes

Hoje é 0 74º dia do ano. O dia 15 de março na história:

44 A.C – O Imperador de Roma Julio Cesar é esfaqueado até a morte por senadores.
1789 – Joaquim Silvério dos Reis entrega sua carta-denúncia contra a Inconfidência Mineira.
1916 – Os Estados Unidos enviam uma expedição militar para caçar o líder rebelde Pancho Villa.
1937 – É inaugurado em Chicago o primeiro Banco de Sangue do mundo.
1967 – O Brasil deixa a denominação República dos Estados Unidos do Brasil para se chamar República Federativa Brasileira.
1972 – Estreia o filme O Poderoso Chefão, de Francis Ford Coppola, que trata sobre a máfia e é considerado um dos melhores de todos os tempos.
1975 – Os estados da Guanabara e do Rio de Janeiro viram um só.
1985 – Encerra o ciclo de governo militar no Brasil.
1998 – Morre o cantor e compositor brasileiro Tim Maia.

Frase do dia: “O mundo só será bom no dia que todo o dinheiro acabar, mas que não me falte nenhum enquanto isso não acontece.” Tim Maia

COMPARTILHAR

LEAVE A REPLY