A Caminho de Casa conta a história da cachorrinha Bella

0
572

Filmes protagonizados por cães e gatos começam à frente da concorrência para capturar imediatamente a empatia de seus espectadores. Mesmo quem não é exatamente um amante de animais pode conectar com a figura de um, mas especialmente com caninos e felinos pela presença significativa em domicílios.

A Caminho de Casa, longa baseado no livro de W. Bruce Cameron (o mesmo de Quatro Vidas de um Cachorro), aposta novamente nesta capacidade de empatia diante desses animais, dentro de uma história de aventura que cruza o solo norte-americano – similar ao célebre A Incrível Jornada.

Como nos outros longas baseados nos livros de Cameron, a trama é contada da perspectiva de um canino. Desta vez, a protagonista / narradora é Bella, uma pequena pitbull que é resgatada de um terreno abandonado pelo gentil Lucas (Jonah Hauer-King).

Antes disso, foi criada no meio de uma família de felinos, sendo inclusive amamentada pela gata mãe que chama de, esperem, Mãe Gata. Com um pouco de atenção, neste começo nota-se já a mensagem de alteridade que o filme construirá ao longo dos próximos noventa minutos. Já que a cidade de Denver, Colorado, onde o filme é ambientado, possui uma política de restrição a pitbulls, Bella é forçada a ir para outro estado e ficar longe de seu dono. A cadelinha, é claro, não entende as circunstâncias e sai em busca de seu dono, caminhando de volta em direção a Denver. Para isso, ela deve cruzar centenas de quilômetros.

Fonte: Observatório / Foto: Divulgação

COMPARTILHAR

LEAVE A REPLY