4ª Edição do Jantar às Cegas ocorre em 26 de abril em Caxias

0
700
Foto: Divulgação/Daniel Hendler Fotografia

O Instituto da Audiovisão (INAV), promove no próximo dia 26 de abril, no Restaurante Tulipa, junto aos Pavilhões da Festa da Uva, a 4ª Edição do Jantar às Cegas. O objetivo é mostrar para a população as dificuldades que os deficientes visuais passam no seu dia a dia. Durante o jantar, os presentes usarão vendas para sentir como é ter a visão limitada e realizar tarefas diárias como se alimentar, estar em espaços diferentes ao habitual e locomover-se.

Um dos organizadores, é o Policial Militar, Roberto Marasca, que a nove anos frequenta o INAV. Marasca é pai de uma menina de onze anos que tem baixa visão e é deficiente auditiva. Sentindo que precisava ajudar e retribuir de alguma forma o atendimento da instituição, Marasca ajudou a organizar um almoço nestes moldes e de lá pra cá sempre esteve envolvido com o evento.

“O INAV faz um trabalho muito bom e gratuito para quem precisa. Eu sentia que precisava retribuir e muito bom ajudar com o Jantar às Cegas. Queremos mostrar a realidade dos deficientes visuais e fazer com que, de alguma forma, as pessoas consigam enxergar com o coração”, diz.

Logo na chegada, os presentes receberão as vendas e usarão para receber, junto dos deficientes visuais, uma audiodescrição do local como disposição das mesas, local dos banheiros e decoração. O desafio é conseguir entender e se orientar pelo local. Durante o jantar, o Frei Jaime Bettega falará aos presentes, este será outro momento momentos em que os convidados usarão a venda.

Os ingressos são limitados e custam R$ 90,00 e podem ser adquiridos através do telefone (54) 9.9999.3322, com Roberto. Toda a renda será revertida para arcar com os custos da instituição. O INAV fica na Av. Independência, 1360, no bairro Panazzolo, e atende a 160 pessoas de forma gratuita. O local está aberto para que as pessoas conheçam o trabalho da instituição e para quem quiser ajudar voluntariamente de alguma forma.

COMPARTILHAR

LEAVE A REPLY