OUÇA A CONVERSA DE TEMER COM O DONO DA JBS

STF deve liberar conteúdo das delações da JBS nesta sexta-feira

ROGéRIO COSTA ARANTES
0
214

O Supremo Tribunal Federal (STF) retirou o sigilo das delações premiadas dos empresários Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, no âmbito da Operação Lava Jato e deverá divulgar nesta sexta-feira, dia 19, todo o seu conteúdo. Na noite da quinta-feira, dia 18, a conversa de Joesley com o presidente Michel Temer, ocorrida em março no Palácio do Jaburu, foi tornada pública.

Joesley informou aos investigadores que, nessa conversa, ele e Temer discutiram pagamentos ao deputado cassado Eduardo Cunha para garantir que ele não faça delação.

Em um trecho da conversa, gravada pelo empresário com uma escuta escondida em um bolso, ele revela ao presidente que está “segurando” dois juízes e que conseguiu uma pessoa “dentro da força-tarefa” que passaria informações.

Em outra partes da gravação, Temer indicaria um interlocutor para tratar de diversos assuntos com a JBS.

A falta de reação de Temer ao ouvir o relato, a Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República divulgou em nota a versão de que o presidente Michel Temer não acreditou nas declarações. “O empresário estava sendo objeto de inquérito e por isso parecia contar vantagem. O presidente não poderia crer que um juiz e um membro do Ministério Público estivessem sendo cooptados”, diz a nota.

Ouça a íntegra da conversa:

Deixe uma resposta