SERIE B

Juventude empata em casa com o Oeste e dá adeus ao sonho de acesso

MAURO TEIXEIRA -     
0
353





O Juventude e Oeste ficaram em um injusto 0 x 0, em partida realizada na noite desta sexta-feira, dia 10, pela 35ª rodada, no estádio Alfredo Jaconi. Mesmo superior durante toda a partida e criando boas oportunidades, o Verdão não conseguiu ser efetivo nas finalizações.

Após empate com o Oeste, verdão já pensa na temporada de 2018. Foto: Divulgação

Com 50 pontos, a equipe alviverde segue na oitava colocação e brigará, agora, para subir na tabela nas últimas três rodadas da Série B.

“Fizemos uma boa partida, mas encontramos dificuldades em encontrar o último passe e finalizar com mais frieza. De qualquer modo, conseguimos encontrar uma boa dinâmica de jogo, mas ainda estamos sendo castigados pela falta de tempo para treinarmos. É muito complicado tentar impor um ritmo e uma postura diferente de movimentação sem que haja tempo para colocar isso em prática”, destacou o técnico Antônio Carlos Zago em entrevista após a partida.

O próximo compromisso do Juventude pela Série B é na próxima terça-feira, dia 14, às 21h30min, diante do América, no estádio Independência, em Belo Horizonte.

O jogo

O Juventude fez mais uma boa apresentação, teve mais posse, produziu ofensivamente, mas não conseguiu chegar ao gol. Na primeira chance, aos 7, Tiago Marques cruzou para a entrada da área, onde encontrou Diego Felipe. O volante soltou a bomba, que explodiu no travessão. O próprio Diego Felipe foi quem quase marcou novamente, de cabeça, após cruzamento de Pará.

Aos 35, Bruno Ribeiro recebeu na direita e cruzou para João Paulo, que desviou de cabeça, à direita do goleiro. Aos 37, mais uma grande chance do Verdão. Mateus Santana recebeu na intermediária e viu a entrada de Bruninho na grande área. Ao receber, o volante girou e chutou rasteiro, para defesa salvadora do goleiro Rodolfo.

A segunda etapa foi de mais posse de bola para o Juventude, e as chances voltara a aparecer. Aos três minutos, Mauricio soltou a bomba em cobrança de falta, para defesa complicada do goleiro, no ângulo. Na melhor chance do Oeste na partida, Mazinho tentou cruzar e acabou chutando em direção ao gol. Matheus se esticou para mandar para escanteio.

Sem dar espaço ao adversário, o Ju seguiu tentando. Aos 30, Pará arriscou em chute de fora da área, mas Rodolfo defendeu. Aos 37, Bruno Ribeiro cruzou e Wesley Natã cabeceou para fora, perto do gol. Dois minutos depois, Pará cobrou falta no Ângulo, e o goleiro apareceu novamente para salvar o Oeste. João Paulo ainda teve a última chance, de cabeça, mas sem o rumo do gol, que traria justiça ao placar.

 

Deixe uma resposta