EM OUTRO CARGO

Depois de anunciar saída, secretário volta atrás e permanece no governo

EMILIO NUNES -     
0
335

Depois de anunciar que deixaria o comando da Secretaria do Meio Ambiente e voltaria a assumir a sua cadeira na Câmara de Vereadores, Rudimar Élbio da Silva voltou atras na decisão e irá permanecer na prefeitura de Farroupilha, porém em um novo cargo. O agora ex-secretário irá assumir como diretor-geral da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Infraestrutura e Trânsito. O anuncio foi feito na tarde desta quinta-feira, dia 7.

Rudi da Silva reformulou posição e não sai do governo (Foto:  arquivo pessoal)

Conforme Rudi da Silva, a decisão de permanecer na administração municipal foi tomada em comum acordo com o prefeito Claiton Gonçalves, e ele acredita que, dessa forma, poderá contribuir ainda mais com a comunidade.

“Primeiro, gostaria de pedir desculpas para a comunidade pela demora na minha manifestação, mas precisei me afastar por motivos de doença. E dizer que cogitei sim voltar para a Câmara, porém acho que eu posso contribuir muito mais dentro da administração, quem sabe no futuro eu volte para Câmara, afinal fui eleito vereador, mas por enquanto permaneço na prefeitura”, salienta.

Com relação a troca de pasta, Rudi da Silva afirmou que há um estudo para a fusão das Secretárias de Planejamento e Meio Ambiente, além da troca ser uma decisão do governo.

“Já vinhamos trabalhando a fusão das duas pastas, até porque alguns projetos andam juntos e achamos por bem juntar as duas, além do governo entender por bem juntar as duas secretarias e me deslocar para outro cargo. Entendemos a decisão e vamos continuar trabalhando”, destaca.

Em nota, a assessoria de comunicação da prefeitura de Farroupilha salientou que o prefeito Claiton Gonçalves irá se manifestar sobre o assunto em um momento oportuno. Com relação a fusão das secretarias de Planejamento e Meio Ambiente, ainda não está confirmado essa possibilidade, o que está certo é que o secretário de Planejamento, Deivid Argenta, assumiu interinamente a pasta do Meio Ambiente.

 

Deixe uma resposta