REFORÇO NA SEGURANÇA

Consepro pede doação da comunidade no pagamento do IPTU

AIRTON FERREIRA -     
0
497

O valor arrecadado poderá ser utilizado na compra de um novo veículo para a Brigada Militar ou equipamentos para as delegacias de polícia (Foto: arquivo leouve)

Com o objetivo de buscar uma cidade com melhores condições de prevenir e combater a criminalidade, o Conselho Municipal de Segurança Pública de Bento Gonçalves (Consepro), assim como foi realizado no ano passado, estabelece uma parceria com a prefeitura para emitir, junto ao carnê do IPTU, uma guia de contribuição espontânea no valor de R$ 15. O montante arrecado será utilizado como reforço no caixa da entidade, para custeio de diversas ações em prol da segurança pública.

O valor poderá ser utilizado na compra de um novo veículo para a Brigada Militar ou equipamentos para as delegacias de polícia. O que significa, em troca, mais proteção para os bento-gonçalvenses.

No ano passado, quando o Consepro lançou esse projeto, foram captados quase R$ 34 mil. A projeção agora, é superar esses números. “Nós sempre tivemos respaldo de nossa gente, tanto que os números das campanhas em que o Consepro se envolveu demonstram o quanto esta cidade está empenhada em ajudar as autoridades. O valor de R$ 15 é quase simbólico, é o que gastamos num lanche da tarde, numa cervejinha a menos, mas faz uma diferença enorme quando milhares se juntam a esse propósito”, comenta o presidente do Consepro, Laércio Pompermayer.

O pagamento é voluntário e pode ser descartado caso o contribuinte não queira aderir, sem qualquer encaminhamento do título para protesto. O valor de R$ 15 não tem relação alguma com o IPTU, este sim um tributo obrigatório para o cidadão.

Para onde vão os recursos arrecadados pelo Consepro

Em todo o ano passado, o Consepro investiu quase R$ 1 milhão em segurança na cidade, num esforço conjunto envolvendo prefeitura, iniciativa privada e entidades de classe e sociedade civil.

Diversos benefícios são oriundos dessa força-tarefa, entre eles a aquisição de veículos para o patrulhamento da Brigada Militar, de equipamentos para o Centro Integrado de Operações, um complexo de monitoramento urbano, feito com câmaras de vigilância, que já está em funcionamento em Bento Gonçalves, e a inauguração de um alojamento que vem recebendo, periodicamente, policiais para treinamento na cidade.

Deixe uma resposta