Ex-secretária de Turismo de Bento e Garibaldi é eleita presidente da Aenotur

ROGéRIO COSTA ARANTES -     
0
156



Ex-secretária de Turismo de Bento Gonçalves e de Garibaldi, a mestre em Turismo Ivane Fávero foi eleita, na sexta-feira, dia 23, como presidente da Associação Internacional de Enoturismo (Aenotur) e, nos próximos dois anos, estará ocupando o que e considerado o mais alto cargo do enoturismo mundial.

Antes de ser eleita, Ivane já fazia parte da diretoria da entidade, como vice-presidência para a América Latina. Ela foi confirmada no cargo durante o Congresso Europeu de Enoturismo e a assembleia da Aenotur realizados em Torgiano, na região da Umbria, na Itália.

“Temos um longo trabalho pela frente no sentido de provermos em conjunto todos os destinos enoturísticos. O objetivo principal da criação da Aenotur é termos uma plataforma única para divulgar esses destinos e o Brasil está inserido neste contexto”, adianta Ivane.

A entidade ligada ao turismo do vinho é recente. Ela nasceu em 2014 como resultado do Congresso Latino Americano de Enoturismo, depois de reuniões com representantes de Portugal e Espanha, e comanda uma diretoria que tem entre seus membros representantes dos principais países produtores de vinho.

“O fato do Brasil estar na presidência da Aenotur nos coloca definitivamente no mapa do enoturismo mundial. Podemos dizer que já somos referência de qualidade na oferta enoturística mundial”, afirma.

A nova presidente informa que entre os principais objetivos é qualificar cada vez mais os produtos enoturísticos e ampliar o número de associados.

Para o diretor de Relações Institucionais do Ibravin, Carlos Paviani, a eleição de Ivane no cargo de presidente da Aenotur deverá alavancar ainda mais a atividade no Brasil. De acordo com o último Censo Vinícola realizado no país, cerca de 30% das vinícolas tem projetos relacionados ao turismo de experiência. “O Ibravin acredita que investir no enoturismo é agregar valor à produção, atrair novos consumidores e fortalecer toda a cadeia produtiva vitivinícola”, sintetiza.  O dirigente lembra da trajetória de Ivane à frente das secretarias de turismo nos municípios da Serra Gaúcha e, agora, no recém-criado Comitê de Enoturismo do Ibravin, que a credenciam para o cargo.

Segundo dados da Great Wine Capitals (GWC), a Rede Mundial de 10 “capitais do vinho”, o enoturismo representa cerca de 20% das receitas e, somando a venda de vinhos para visitantes, mais de 50% do faturamento dos principais produtores de vinho do mundo.

A nova diretoria da Aenotur

Presidente: Ivane Fávero (Ibravin)

Vice-presidente: José Calixto, presidente da Rede Europeia de Cidades do Vinho (Recevin)

Secretário-geral: Jose Arruda, representante da Associação dos Municípios Portugueses do Vinho (AMPV)

Membros:

Rosa Melchor, prefeita da cidade espanhola de Alcázar de San Juan

Fátima Abal, prefeita da cidade espanhola de Cambados

Pierre Verdier, presidente da ONG Iter Vitis France

José Maria Costa, prefeito da cidade portuguesa de Viana do Castelo

Paolo Benvenutti, presidente de honra da Città Del Vino, organização que representa as cidades do vinho da Itália

Representantes da América Latina

Gonzalo Merino, dirigente da Bodegas Argentinas

Wilson Torres Chavez, presidente da Associação de Turismo Enológico do Uruguai

Quem é Ivane Fávero

Ivane Fávero possui graduação em Turismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1991); especialização em Gerenciamento do Desenvolvimento Turístico pela Universidade de Caxias do Sul (2000); mestrado em Turismo pela Universidade de Caxias do Sul (2004), MBA em Planejamento e Marketing do Turismo pela George Washington University (2009) e especialização em Gestão Pública Municipal pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2012). Foi presidente da Associação Nacional de Secretários e Dirigentes de Turismo (Anseditur), além de vice-presidente para a América Latina da Aenotur. Atua nas áreas de gestão do turismo, planejamento, políticas, turismo rural e turismo sustentável.

Deixe uma resposta